Diário: 17/05/2018

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Conciliações promovidas pelo MPRN potencializam recuperação de créditos inscritos na Dívida Ativa do Estado

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Nos primeiros meses de 2018, o Núcleo Estadual de Atuação e Mediação em Ilícitos Tributários negociou mais de R$ 8 milhões, que voltaram aos cofres do Estado

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) instituiu, em parceria com a Procuradoria Geral do Estado (PGE) e a Secretaria Estadual de Tributação (SET), o Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira). A função da parceria é atuar junto aos contribuintes potiguares para recuperação de créditos inscritos ou não em dívida ativa.

O MPRN tem atuado nessa área por meio de métodos de solução consensual extrajudicial, a fim de evitar a judicialização dos casos com o oferecimento de denúncia. Esse trabalho é realizado pelo Núcleo Estadual de Atuação e Mediação em Ilícitos Tributários (Namit), órgão do MPRN, e apenas nos primeiros meses de 2018, já foram negociados R$ 8.080.647,69.

O percentual de sucesso nas mediações em ilícitos tributários é da ordem de 66,67%. Nos dois primeiros dias de maio, o MPRN já conseguiu acordo com dois devedores que somados totalizam R$ 5.559.819,24 em dívidas com o Fisco do RN.

O objetivo do Namit é buscar soluções administrativas para as representações encaminhadas pelas Promotorias de Justiça de Combate à Sonegação Fiscal. A atuação acontece nas demandas fiscais destinadas a fins penais e outras situações em que se verifica possível prática de crime contra a ordem tributária.

O trabalho é desenvolvido antes da judicialização da denúncia e consequente ação penal, por meio da realização de mediação fiscal em audiência realizada com a presença de representante do MPRN, do contribuinte e da Secretaria de Tributação, e para os casos inscritos em dívida ativa, com a presença também de um representante da Procuradoria-Geral do Estado (PGE/RN).

Durante as audiências, o contribuinte tem a oportunidade de realizar acordo para pagamento dos débitos existentes em parcela única ou por meio de parcelamento. A negociação pode resultar na extinção da punibilidade (em caso de pagamento à vista) ou, em caso de parcelamento, suspender a denúncia e a consequente ação penal enquanto durar o adimplemento.

Nos casos de parcelamento em que se verifica inadimplência, ocorre o desarquivamento do Processo Investigatório Criminal e, por consequência, a retomada da persecução penal, considerada a quebra do acordo. Além disso, em caso de não haver solução extrajudicial por meio da atuação do Namit, também acontece o oferecimento da denúncia.

O Namit funciona no anexo III da Procuradoria-Geral de Justiça, que fica localizado na Rua Tororós, 1839, Lagoa Nova, em Natal e atende pelo telefone (84) 3215-9101.

 

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Professora da UERN Caicó representa o Nordeste em Seminário Internacional de Educação

Por , Em Notícias

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

A professora doutora Maria Reilta Dantas Cirino, do Campus Avançado da UERN em Caicó, representará a região Nordeste no Seminário Internacional Educação Filosofias Infâncias: “Filosofar com infâncias: resistir na escola” – SEMFILI – que ocorrerá de 15 a 18 de agosto de 2018, no Campus São Mateus, da Universidade Federal do Espírito Santo.

Dentro da programação, a docente participará do Simpósio “Filosofar na escola: perspectivas”, no qual apresentará a experiência de filosofia com crianças e jovens em desenvolvimento no município de Caicó, por meio de projetos de pesquisa e extensão ofertados pelo Curso de Licenciatura em Filosofia, do Campus de Caicó.

logo-radioserido3-1

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

DÉBORA SEABRA: Professora potiguar com síndrome de Down ofendida por desembargadora receberá honraria na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Debora Moura é a primeira educadora com síndrome de down no Brasil – Divulgação

A professora Debora Araújo Seabra Moura, primeira educadora com síndrome de Down do Brasil, vai receber a Medalha de Tiradentes na Assembleia Legislativa do Rio. A profissional será premiada com a honraria na próxima segunda-feira. Em março, a professora recebeu uma onda de apoio e homenagens depois da divulgação de uma postagem na qual a desembargadora Marília Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Rio, discriminou seu trabalho. A resposta da educadora, que exaltou o ensino do respeito e da tolerância, emocionou a web.

“Apuro os ouvidos e ouço a pérola: o Brasil é o primeiro país a ter uma professora portadora de síndrome de down!!!. Poxa, pensei, legal, são os programas de inclusão social…Aí me perguntei: o que será que essa professora ensina a quem??? Esperem um momento que eu fui ali me matar e já volto, tá?”, escreveu a desembargadora em seu perfil pessoal no Facebook.

Na ocasião, a Federação Brasileira de Associações de Síndrome de Down (FBASD) emitiu uma nota de repúdio às declarações da magistrada, criticadas por serem preconceituosas. Em resposta à magistrada, Debora escreveu uma carta na qual ressaltava a sua atuação na educação infantil, seu empenho na profissão e na promoção dos ensinamentos de respeito e igualdade.

“Eu ensino muitas coisas às crianças. A principal é que elas sejam educadas, tenham respeito às outras. Aceitem as diferenças de cada uma. Ajudem a quem precisa mais. (…) O que eu acho mais importante de tudo isso é ensinar a incluir as crianças e todo mundo para acabar com o preconceito porque é crime. Quem discrimina é criminoso!”, diz um trecho da carta da professora.

No mês seguinte, Marília Castro Neves enviou uma carta com um pedido de desculpas à educadora, assumiu o erro e ressaltou ter aprendido a lição de que “precisamos ser mais tolerantes e duvidas de pré-conceitos (sic)”.

A entrega da medalha e do diploma de certificação do evento partiu de sugestão do deputado estadual Janio Mendes (PDT) e será realizada dia 21 de maio, às 10h, no plenário do Palácio Tiradentes, no Centro do Rio.

Segundo a assessoria do parlamentar, além do trabalho e dos anos de experiência da educadora, a reação preconceituosa contra a professora Debora pesou na decisão de homenageá-la. Os demais deputados da Casa aprovaram a sugestão da honraria no dia 4 de abril.

‘ORGULHOSA E GRATA’, DIZ MÃE DE EDUCADORA

Mãe da professora Debora, Margarida Seabra de Moura contou que a equipe do parlamentar contatou a família com o convite da solenidade, que a deixou “orgulhosa” pelo reconhecimento do trabalho da filha.

— Fiquei muito orgulhosa e grata, é uma solenidade única para ela. A Debora tem tido um destaque, um reconhecimento ao trabalho dela, e isso me deixa, como mãe, naturalmente muito orgulhosa. Estamos sensibilizados e felizes — destacou Margarida, que acompanhará a filha no plenário para representar a família.

Segundo Margarida, Debora “não se vislumbra com afagos”, é reservada em relação às emoções, mas certamente a homenagem “fará bem ao ego dela”. A mãe destacou que a família decidiu não falar mais da postagem preconceituosa da desembargadora.

— A Debora fez a carta dela, deu a resposta dela e ficou muito feliz com isso. O objetivo de qualquer pai, em relação ao filho, é que ele evolua e saiba se posicionar em uma situação desagradável. Depois da carta da desembargadora, escolhemos nos abster de qualquer comentário. Isso aconteceu, foi bastante pesado e passou. Não existe mais na nossa vida. Bola para frente — ressaltou a mãe da professora.

O Globo

 

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

PRF prende casal na Grande Natal com porção de maconha e crack

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Um casal foi preso na noite dessa terça-feira (15) em Macaíba/RN levando maconha e crack. Eles estavam em uma motocicleta e passavam pela BR-304, quando avistaram uma fiscalização da PRF e pararam distante dela. Após um breve instante, eles seguiram e foram parados pelos policiais que haviam percebido a hesitação e decidiram retornar ao ponto de parada, encontrando lá duas sacolas pequenas com as drogas.

Foram encontradas cerca de 200 gramas de maconha e 70 de crack que, segundo os detidos, foram obtidos em Parnamirim e seriam vendidos em Bom Jesus. O homem, de 25 anos, também confirmou que faz parte de uma facção criminosa que atua no Rio Grande do Norte. Ele a mulher, de 24 anos, foram presos e levados para a Central de Flagrantes da Polícia Civil em Natal, onde foi registrado o crime de tráfico de drogas, que pode resultar em pena de 15 anos de reclusão.

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Com foco na arte e ciência, Colégio CUCA realizará sua 15ª EXPOCUCA de 23 a 25 de maio em Caicó

Por , Em Notícias

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

EXPOCUCA

O Colégio CUCA realizará a 15ª EXPOCUCA. O evento que neste ano terá como tema “Arte e Ciência através dos tempos” reunirá a apresentação de trabalhos de alunos das duas unidades da escola, além de um grande evento de abertura da exposição.

A abertura acontecerá no Centro Cultural Adjuto Dias no dia 23 de maio, a partir das 19h. Já a exposição dos projetos acontecerão nos dias 24 e 25 de maio, aberto ao público na parte da manhã e tarde.

Em contato com o blog Suébster Neri, o diretor do Colégio CUCA, destacou a importância do evento. “É um momento em que todos os nossos alunos ficam ansiosos para apresentarem seus projetos que são avaliados por uma equipe de professores e convidados, mas, o mais importante é o desenvolvimento intelectual que isso agrega nestes alunos”, frisou.

Para à administradora da Escola, Marilene Brito, o EXPOCUCA cresceu e consolidou seu espaço na educação. “Fico impressionada como nossos alunos se dedicam na execução dos projetos. Os professores acompanham tudo de perto, desde a elaboração do projeto, passando pela aprovação da banca examinadora, execução e avaliação final. Isso garante o sucesso artístico, educacional e científico que o EXPOCUCA conseguiu conquistar ao longo destes últimos 15 anos”, finalizou.

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Governo e Tribunal de Justiça celebram convênio para a Polícia Militar

Por , Em Notícias

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Fotos: Rayane Mainara

O governador Robinson Faria assinou na manhã desta quinta-feira (17) um convênio com o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. O documento formalizou a doação de R$ 11,2 milhões do TJ/RN para a Polícia Militar. O valor será destinado para pagamento de diárias operacionais, aquisição de equipamentos e armamentos, materiais de consumo e reforma do quartel do Comando Geral da PM. A assinatura aconteceu na sede do Tribunal de Justiça, em Natal.

“Mais uma vez estamos realizando essa parceria com o Tribunal de Justiça, mostrando que a união entre os poderes Executivo e Judiciário pode colaborar na melhoria da segurança pública e a favor da população. A luta contra a criminalidade é diária e estamos trabalhando incansavelmente para vencê-la. Gostaria de agradecer ao judiciário que está sendo sensível ao momento e dando sua contribuição à sociedade”, afirmou o governador Robinson Faria.

O presidente do Tribunal de Justiça, Expedito Ferreira, explicou que a ação é uma forma de aproximar o Judiciário dos anseios da sociedade. “A parceria com o Executivo é uma colaboração para atender o clamor da população por segurança pública. Esperamos que essa parceria continue e fortaleça as ações do governo nesta área”, disse o presidente do TJ/RN.

Participaram também da assinatura, a secretária de Segurança do RN, Sheila Freitas, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Osmar de Oliveira e integrantes do judiciário potiguar.

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

FOTO: Semsur ilumina monumentos de Natal com as cores da bandeira LGBT

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Foto: Alex Régis

Nesta quinta-feira (17), é celebrado o Dia Internacional Contra a Homofobia. Em alusão à data, a Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), iluminou com as cores da bandeira LGBT (Lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) o viaduto estaiado da Avenida Prudente de Morais e a Ponte Newton Navarro.

A iluminação especial faz parte da ações da I Semana de Cidadania de LGBT de Natal, que acontece entre os dias 14 e 18 de maio. A iniciativa parte do calendário de ações da Prefeitura do Natal e segue a Lei 6.753 de 26 de dezembro de 2017.

As cores do arco-íris nos monumentos da cidade objetivam despertar o interesse e a consciência da sociedade para a luta dos direitos das minorias, além de promover o respeito, a tolerância e o combate ao preconceito e a violência contra lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros.

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Nelter sugere melhorias pro Seridó e Vale do Assú

Por , Em Notícias

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

IMG_9867

Outra série de requerimentos protocolados na Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte (ALRN) pelo deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) e direcionados ao Governo do Estado, sugere benefícios para municípios do Vale do Assú e Seridó, a exemplo de Assú, Carnaubais, Caicó, Jardim do Seridó, Parelhas e São José do Seridó.

Para Assú, o parlamentar solicitou a recuperação da RN-016 até o município de Carnaubais. Ainda para Assú, Nelter solicitou a conclusão das obras de construção do Centro Estadual de Educação Profissional e Tecnologia, localizada entre as comunidades Linda Flor e Santa Clara, que estavam previstas pra serem concluídas no último dia 23 de Abril; a conclusão das obras de reestruturação do Hospital Regional Dr Nelson Inácio dos Santos; e a destinação de uma nova ambulância para atender a base do SAMU local.

Sobre as solicitações pro Seridó, Nelter reiterou a necessidade de se recuperar a estrutura física da Escola Estadual Maria Terceira, em Parelhas; e da parede da Barragem Passagem das Traíras, localizada entre os municípios de Caicó, Jardim do Seridó e São José do Seridó. Outra importante solicitação feita pelo deputado, trata sobre a conclusão das obras de reforma do prédio que abrigará o Shopping do Artesanato do Seridó, localizado em Caicó. As obras em questão deveriam ter sido finalizadas ano passado, porém ainda não foram concluídas.

JUCURUTU

Nesta quarta-feira (16) o Governo do Estado atendeu pleito anterior realizado por Queiroz e construiu uma estiva no Rio Piranhas, ligando o distrito Barra de Santana às demais comunidades localizadas na outra margem do Rio. Esta obra também beneficiará São Fernando, Jardim de Piranhas e municípios da Paraíba. Ainda a pedido do deputado, uma outra estiva será construída para atender a comunidade Fidalgo.

 

banner_seridopneus-770

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

TCE e UFRN apresentam nesta sexta relatório sobre dados abertos na cidade de Natal

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) sediará nesta sexta-feira, dia 18 de maio, um evento para apresentar, em parceria com o Laboratório de Governança Pública da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o resultado do levantamento do índice de dados abertos da cidade de Natal.

Trata-se de um estudo realizado pela Open Knowledge Brasil e pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas (DAPP/FGV) com o objetivo de avaliar o estado da política de dados abertos nos municípios.

Belo Horizonte, Brasília, Natal, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Uberlândia foram as cidades analisadas nesta fase do levantamento. O lançamento dos dados da capital potiguar será realizado no auditório do TCE, a partir das 8h30, do dia 18 de maio. As inscrições estão abertas e estão disponíveis pelo link http://www.tce.rn.gov.br/EscolaContas/Inscricoes.

O índice leva em consideração o tipo de dado que é divulgado, os formatos, a facilidade de acesso e a transformação dos dados em informação, entre outros. O estudo revela que apenas 1 em cada 4 bases de dados avaliadas pelo Índice de Dados Abertos de 2018 está 100% aberta.

São avaliadas dimensões como finanças públicas, dados socioeconômicos, legislativos e eleitorais, serviços públicos, informações geolocalizadas e indicadores ambientais. Além disso, é oferecido um parâmetro de referência sobre a capacidade dos governos de fornecer dados abertos, compreensíveis e fáceis de serem usados.

As avaliações ficaram a cargo de líderes locais que, ao longo do ano de 2017, contaram com capacitação e suporte das equipes da Open Knowledge e da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV/DAPP).

Powered by WPeMatico

banner-CDS-1

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Lava Jato: TRF4 nega último recurso e Moro pode determinar prisão de Dirceu

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

(Vagner Rosário/VEJA.com)

A 4ª Seção do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou, por unanimidade, o último recurso do ex-ministro José Dirceu (PT) contra uma condenação sua na Operação Lava Jato.

A partir de agora, de acordo com o acórdão da condenação original, o juiz Sergio Moro pode determinar a qualquer momento que o petista comece a cumprir a pena de 30 anos, nove meses e dez dias de prisão, pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

No último dia 19 de abril, o colegiado (formado pelos desembargadores da 7ª e da 8ª turmas criminais do TRF4) já havia recusado os embargos infringentes do ex-ministro. No entanto, como aceitaram analisar o processo, permitiram que ele apresentasse novos embargos de declaração e protelasse em mais um mês a execução provisória da sentença.

José Dirceu foi considerado culpado por ter promovido vantagens indevidas à empreiteira Engevix em ao menos quatro contratos com a Petrobras, que lhe renderam pagamentos de propina, segundo a denúncia — a defesa nega as acusações. Votaram os desembargadores Salise Sanchotene, Márcio Rocha, Cláudia Cristófani, Victor Laus, Leandro Paulsen e João Pedro Gebran.

Paralelo a isso, segue tramitando no Supremo Tribunal Federal (STF) um habeas corpus preventivo de Dirceu para evitar a prisão. O pedido de liminar foi negado pelo relator, o ministro Dias Toffoli, que encaminhou o caso para análise da Segunda Turma da Corte, o que ainda não ocorreu.

Veja

 

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Juiz retira benefícios do ex-presidente Lula, preso em Curitiba

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Uma decisão do juiz federal Haroldo Nader, da 6ª Vara Federal de Campinas, no interior paulista, suspendeu nesta quinta-feira (17) os benefícios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pelo cargo ocupado de 2003 a 2010. O despacho do juiz de primeira instância obriga a União a retirar do ex-presidente quatro seguranças, dois motoristas e dois assessores.

A retirada dos benefícios foi solicitada em uma ação popular apresentada por Rubens Alberto Gatti Nunes, justificando que não seriam mais necessários em virtude da prisão do ex-presidente, que desde 7 de abril cumpre pena estabelecida pelo juiz Sérgio Moro na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba (PR).

Em sua decisão, o juiz justifica que ocorre desvio da finalidade, custeados pelo erário, com a manutenção e custeio de seguranças individuais, veículos com motoristas e assessores, “a um ex-presidente que cumpre pena longa, de 12 anos e um mês de reclusão, mesmo que com a possibilidade de progressão, além de mera expectativa no momento, ocorreria apenas após mais de dois anos”.

O juiz ressalta que Lula está sob custódia permanente do Estado, em sala individual, ou seja, sob proteção da Polícia Federal, que lhe “garante muito mais segurança do que tivera quando livre, com alguns agentes a acompanhar-lhe aonde fosse”.

A retirada dos dois veículos também foi justificada pelo fato de qualquer deslocamento do ex-presidente só ocorrerá “sob escolta da Polícia Federal.” Em relação aos assessores, o despacho informa que não há justificativa razoável, já que o ex-presidente está detido, apartado dos afazeres normais, atividade política, profissional e até mesmo social.

Ao final do despacho, o juiz Nader diz que o Ministério Público Federal pode solicitar vistas do processo, e que caberá à União a suspensão imediata dos benefícios.

Defesa

Em nota, os advogados do ex-presidente Lula afirmam que a decisão causa “perplexidade já que todos os ex-presidentes da República, por força de lei (Lei nº 7.474/86) têm direito a quatro servidores, para segurança e apoio pessoal”. Segundo os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, mesmo diante da momentânea privação da liberdade, “baseada em decisão injusta e não definitiva”, Lula necessita do apoio pessoal que lhe é assegurado por lei. A nota diz também que a decisão será impugnada pelos recursos cabíveis, “com a expectativa de que ela seja revertida o mais breve possível”.

A defesa diz que que nenhum juiz pode retirar direitos e prerrogativas instituídas por lei a ex-presidentes da República, acrescentando que há pareceres de juristas sobre a matéria assegurando que as prerrogativas são vitalícias e não comportam qualquer tipo de exceção.

“A ação em que foi proferida essa decisão tem manifesto caráter político, já que promovida por integrantes de movimento antagônico a Lula e com o claro objetivo de prejudicar sua honra e sua dignidade”, informa a nota, ressaltando que todos os bens e recursos de Lula foram bloqueados por decisões proferidas pela 13ª. Vara Federal Criminal de Curitiba e pela 1ª. Vara de Execuções Fiscais Federais de São Paulo.

Agência Brasil

 

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Petrobras eleva em 1,80% o preço da gasolina e em 0,95% o do diesel

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

gasolinaA Petrobras promoveu o aumento de 0,95% para o preço do diesel e elevou em 1,80% o preço de gasolina comercializados nas refinarias.

Segundo a empresa, o preço do diesel A nas refinarias passará de R$ 2,3082 nesta quinta-feira (17) para R$ 2,3302 nesta sexta-feira (18) – o que significa uma alta de 0,95%. Já o preço da gasolina A nas refinarias passará de R$ 2,0046 para R$ 2,0407 o litro, no mesmo período, o que representa um aumento de 1,80%.

Este é o 4º reajuste já anunciado nesta semana. Na véspera, a companhia elevou em 1,82% o preço da gasolina, e subiu 1,76% o preço do diesel, nas refinarias. A escalada nos preços acontece em meio à disparada nos preços internacionais do petróleo. Nesta quinta, o barril de petróleo Brent superou US$ 80 pela 1ª vez desde novembro de 2014.

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Assembleia Legislativa terá Procuradoria da Mulher para ações de políticas públicas

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Cristiane Dantas realizará sessão pelo Outubro Rosa_foto_Eduardo MaiaA Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte se prepara para discutir e elaborar a criação de um núcleo destinado a políticas públicas sociais e assistenciais para mulheres. A ideia foi anunciada pela deputada Cristiane Dantas (PCdoB), durante a oficina itinerante “Senado Mulheres nas Casas Legislativas”, realizado na sede do Poder Legislativa, em Natal, nesta quinta-feira (17).

“Visitamos o projeto que já está funcionando no Ceará e pretendemos ter algo semelhante na Assembleia Legislativa do nosso Estado. Será um núcleo de assistência à mulher, com ações sociais e assistenciais, a fim de promovermos igualdade”, destacou a deputada, que também é presidente da Frente Parlamentar da Mulher.

Na abertura da oficina itinerante do Senado, as senadoras Fátima Bezerra (PT) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), senadora-procuradora da Mulher, valorizaram a iniciativa do legislativo potiguar. Na Assembleia, a ideia da deputada Cristiane Dantas foi formalizada em projeto de resolução, já submetido à apreciação da Mesa Diretora.

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

36% da mão de obra potiguar está subutilizada, diz IBGE

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Seguindo na contramão do país, o Rio Grande do Norte reduziu o número de pessoas desocupadas no primeiro trimestre de 2018, em relação ao mesmo período do ano passado. A taxa que era de 16,3% no início de 2017 caiu para 14,9% em março deste ano. Ainda são 227 mil potiguares. Por outro lado, cresceu a força de trabalho subutilizada: 36,1%.

Esse número abrange os desempregados, aqueles que trabalham menos de 40 horas semanais e gostaríam de trabalhar mais e os que fazem parte da força de trabalho potencial (não estão procurando emprego por motivos diversos).

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD) divulgada nesta quinta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O estudo também apontou o número de desalentados. Eles representam a parte da população que está da força de trabalho porque não conseguiu trabalho adequado, não tinha experiência ou qualificação necessária, ou era considerada muito jovem ou idosa para as vagas disponíveis. Também abrange os que não têm trabalho na localidade em que moram e que, se tivesse conseguido uma oportunidade, estaria disponível para assumir a vaga.

No RN, esse público representa 10,1% da força de trabalho. Pouco acima da média do Nordeste, de 9,7% e muito acima da nacional, que é de 4,1%.

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Falta trabalho para 27,7 milhões no país, maior nº desde 2012

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Desempregados procuram vagas em cartazes no centro de São Paulo (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

No Brasil, falta trabalho para 27,7 milhões de brasileiros. É o que mostra a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD) trimestral divulgada nesta quinta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de subutilização da força de trabalho ficou em 24,7% no 1º trimestre de 2018, a maior da série histórica da PNAD Contínua, iniciada em 2012. O contingente de subutilizados também é o maior já registrado pela pesquisa.

O grupo de trabalhadores subutilizados reúne os desempregados, aqueles que estão subocupados (menos de 40 horas semanais trabalhadas) e os que fazem parte da força de trabalho potencial (não estão procurando emprego por motivos diversos).

Veja o que são considerados trabalhadores subutilizados e quantos estavam nessa condição no 1º trimestre de 2018:

13,7 milhões de desempregados: pessoas que não trabalham, mas procuraram empregos nos últimos 30 dias;

6,2 milhões de subocupados: pessoas que trabalham menos de 40 horas por semana, mas gostariam de trabalhar mais;

7,8 milhões de pessoas que poderiam trabalhar, mas não trabalham (força de trabalho potencial): grupo que inclui 4,6 milhões de desalentados (que desistiram de procurar emprego) e outras 3,2 milhões de pessoas que podem trabalhar, mas que não têm disponibilidade por algum motivo, como mulheres que deixam o emprego para cuidar os filhos.

No 4º trimestre de 2017, a taxa de subutilização da força de trabalho tinha ficado em 23,6%, reunindo 26,4 milhões de pessoas. Já a taxa média anual para 2017 ficou em 23,8%.

O coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo, apontou que na comparação com o 1º trimestre do ano passado, o número de desocupados caiu em 487 mil pessoas, enquanto o de trabalhadores subutilizados aumentou em 1,1 milhão e o de desalentados aumentou em 512 mil. Segundo o pesquisador, esse quadro enfatiza o quanto a situação do mercado de trabalho brasileiro segue desfavorável.

“Tudo que acontece no mercado de trabalho é reflexo de um cenário econômico, de incerteza política”, apontou Azeredo.

A taxa de desemprego subiu para 13,1% no 1º trimestre, atingindo cerca de 13,7 milhões de brasileiros, segundo já havia sido divulgado anteriormente pelo IBGE.

As maiores taxas de desocupação foram registradas no Amapá (21,5%), Bahia (17,9%), Pernambuco (17,7%), Alagoas (17,7%) e Maranhão (15,6%). Já as menores em Santa Catarina (6,5%), Mato Grosso do Sul (8,4%), Rio Grande do Sul (8,5%) e Mato Grosso (9,3%).

Na comparação com o 4º trimestre do ano passado, 16 das 27 unidades da federação registraram aumento da taxa de desemprego. Nenhum estado teve queda. Já na comparação com o 1º trimestre do ano passado, apenas dois estados registraram aumento da taxa – Amapá e Rondônia – enquanto oito tiveram queda: Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Ceará, Pará, Espírito Santo, Goiás e Amazonas.

Número recorde de desalentados

O universo de desalentados (brasileiros sem emprego e que desistiram de procurar trabalho) passou de 4,3 milhões no último trimestre de 2017 para 4,6 milhões de pessoas no 1º trimestre. Também é o maior número da série histórica. Desde 2016, o número de brasileiros que desistiram de procurar trabalho triplicou no país. No 1º trimestre de 2016, eram 1,57 milhão de desalentados.

“A população desalentada é definida como aquela que estava fora da força de trabalho por uma das seguintes razões: não conseguia trabalho adequado, ou não tinha experiência ou qualificação, ou era considerado muito jovem ou idosa, ou não havia trabalho na localidade em que residia – e que, se tivesse conseguido trabalho, estaria disponível para assumir a vaga”, explica o IBGE.

Do total de desalentados do país, 60,6% estavam no Nordeste (2,8 milhões e pessoas). Entre as unidades da federação, os maiores contingentes estavam na Bahia (805 mil) e Maranhão (430 mil).

Ao analisar o perfil dos desalentados, Azeredo destacou que tal condição atinge principalmente “a população jovem, feminina, preta ou parda e com baixa e escolaridade”. Do total de desalentados, 54,2% eram mulheres, 48,4% tinham entre 14 e 29 anos, 73,1% eram pretos ou pardos e 38,5% tinha ensino fundamental incompleto.

Carteira assinada em queda

No 1º trimestre, 75,4% dos empregados no setor privado tinham carteira de trabalho assinada, 1,2 ponto percentual a menos na comparação anual, uma redução de 408 mil pessoas. O contingente de 32,9 milhões trabalhadores também foi menor de toda a série da pesquisa, iniciada em 2012. Em 4 das 5 regiões, houve queda. Em relação ao 1º trimestre de 2017, houve alta dessa estimativa apenas na região Norte (de 59,9% para 62,9%).

Já o rendimento médio real de todos os trabalhos ficou estável no 1º trimestre, segundo o IBGE, e foi estimado em R$ 2.169 por mês.

Desemprego é maior entre pretos, pardos e mulheres

A taxa de desemprego dos que se declararam brancos ficou em 10,5% no 1º trimestre, abaixo da média nacional (13,1%), enquanto a dos pretos (16,0%) e a dos pardos (15,1%) ficou acima. Atualmente, os pardos representavam 48,1% da população fora da força, seguidos pelos brancos (42,5%) e pelos pretos (8,4%).

O desemprego também atinge mais as mulheres do que os homens, mesmo com o universo feminino sendo a maioria na população em idade de trabalhar (52,4%). A taxa de desocupação no 1º trimestre foi de 11,6% para homens e de 15% para mulheres. Segundo o IBGE, o nível da ocupação dos homens no 1º trimestre ficou em 63,6% e o das mulheres, em 44,5%.

G1

 

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Polícia Federal conclui que a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, recebeu dinheiro da Consist

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Foto: Amanda Perobelli/Estadão Conteúdo)

Após dois anos e seis meses de investigação, a Polícia Federal concluiu que a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, se beneficiou de dinheiro desviado em contratos do Ministério do Planejamento, que era ocupado por seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo. VEJA teve acesso ao relatório final do inquérito, que tramita sob segredo de justiça no Supremo Tribunal Federal. Segundo a PF, as condutas da senadora paranaense podem configurar corrupção passiva, lavagem de dinheiro e crime eleitoral. “Existem indicativos de que Gleisi Helena Hoffmann de alguma forma colaborou para ocultar ou a dissimular a natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores oriundos do esquema criminoso Consist, pois foram identificados diversos registros de pagamentos feitos em benefício da senadora Gleisi Helena Hoffmann ou pessoas relacionadas a ela e/ou ao marido Paulo Bernardo entre os anos de 2010 e 2015”, conclui o a PF.

Com base em planilhas apreendidas, depoimentos de testemunhas, acesso a dados bancários e mensagens eletrônicas, os policiais conseguiram rastrear todo o caminho de grande parte do dinheiro entregue a Gleisi, Paulo Bernardo e pessoas ligadas ao casal, que receberam recursos desviados no esquema de corrupção. Gleisi, o marido, seus assessores e o escritório do advogado Guilherme de Salles Gonçalves, que representava o casal, receberam 7 milhões de reais do Fundo Consist em cinco anos. “Tais pagamentos aparecem como tendo sido feitos regularmente pelo escritório de Guilherme Gonçalves, mas na realidade tratavam-se de valores de corrupção recebidos pelo escritório de Guilherme Gonçalves”, diz a PF.

O Fundo Consist é uma referência às transferências feitas pela empresa que explorava o sistema de empréstimos consignados do Ministério do Planejamento. A empresa repassava a propina para o escritório do advogado Guilherme de Salles Gonçalves, que pagava todas as contas do casal, incluindo despesas de campanhas políticas, advogados eleitorais, assessores de campanha, salário do motorista e até contas de energia elétrica. A PF ouviu um dos personagens que fazia os pagamentos do Fundo Consist no escritório de advocacia: trata-se de Luis Bender. Ele revelou que fazia saques na boca do caixa em determinada agência bancária e depositava o dinheiro em outro banco, a pedido do escritório de Guilherme Gonçalves. Foi assim que ele fez vários pagamentos para o assessor do casal Zeno Minuzzo, com dinheiro da Consist. Bender admitiu que eram pagamentos “incomuns”. Ele recebeu ameaças por colaborar com a Justiça. Bender disse a VEJA que, por enquanto, prefere não dar entrevista.

A documentação mostra que a quadrilha ligada à empresa Consist, que desviou 100 milhões de reais no Ministério do Planejamento, queria desviar outros 100 milhões no Ministério da Previdência. Em uma das mensagens interceptadas pela polícia, um dos investigados, o empresário Washington Vianna, descreve, em 2011, no início do primeiro mandato de Dilma Rousseff, um plano para implantar o sistema no Ministério da Previdência: “Teríamos R$ 3,750 milhões/mês para fazer os acordos políticos necessários. Eu até diria que na Casa Civil, um apoio direto na próxima campanha presidencial durante 3 anos no total de R$ 100 milhões”.

O inquérito registra uma ameaça aos assessores de Gleisi e Paulo Bernardo, feita em 2016 pelo empresário Luis Aparecido Tel, que prestou serviços gráficos e tentava receber parcela do dinheiro de campanha, que, segundo ele, não tinha sido contabilizado: “Essa conta é da Gleisi, e vai aumentar ainda mais, pois vou denunciar tudo, onde busquei dinheiro, com quem e para quem”, escreveu Luís. Há mensagens escritas pelo próprio Paulo Bernardo, em 2015, quando foi encarregado por Gleisi de atender às demandas financeiras de um de seus assessores: “Gláudio, Gleisi me pediu para ‘cuidar’ de você. Rsrs. Já tenho uma ideia e até semana que vem eu vejo isso”. No mês seguinte ao diálogo com Paulo Bernardo, o assessor Gláudio Renato de Lima passou a receber pagamentos mensais do Fundo Consist, segundo a PF.

Os diálogos registrados no dia em que foi deflagrada a Operação Pixuleco II, em que ocorreu busca no escritório de Guilherme Gonçalves, mostram o assessor de Paulo Bernardo, Leones Dall’Agnoll, alertando Gláudio: “Se prepare pro pior…”, diz Leones. “O advogado não foi bem e complicou. Deixou documento que vincula os políticos”, continua Leones. A reclamação comum entre os membros do grupo que desviava dinheiro no Planejamento é que o advogado Guilherme Gonçalves deixou muitos rastros do esquema, ao não destruir as planilhas e anotações sobre o Fundo Consist, em que apareciam pagamentos para a senadora e o marido. “O que fazer?”, pergunta Gláudio. “Você no Tibagi e eu no Iguaçu”, sugeriu Leones. Outra mensagem, de 2014, confirma que o motorista Hernany Mascarenhas, que recebia dinheiro da Consist, servia mesmo ao casal. “Meu trabalho é em função do sr., toda sua família”, diz Hernany a Paulo Bernardo.

A Polícia Federal tentou quatro vezes ouvir a senadora Gleisi Hoffmann, que se recusou a prestar depoimento no inquérito que tramita no Supremo Tribunal Federal. O relatório final foi enviado ao ministro dias Toffoli. Caberá à Procuradora-Geral da República decidir se apresenta nova denúncia contra a senadora, que já é ré em ação penal no Supremo, acusada de receber 1 milhão de reais, dinheiro desviado da Petrobras. VEJA tentou falar com Gleisi sobre a conclusão da investigação, mas ela não quis se pronunciar.

Veja

 

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Mulheres tendem a ser melhores em provar vinhos, mostra pesquisa

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Um estudo realizado na Universidade Técnica de Madrid revelou que as mulheres são mais precisas na arte de provar vinhos. O motivo? Homens são muito emotivos.

De acordo com a pesquisa, a capacidade de diferenciar características como acidez e aroma fica comprometida nos homens porque eles “tendem a se envolver emocionalmente em seus vinhos”.

Sob comando da cientista Caroline Chaya, o estudo foi publicado na revista norte-americana “Food Quality and Preference” depois de mais de 200 testes com provadores vendados, submetidos a testar seis diferentes tipos da bebida, entre tintos, brancos e rosés.

Quando perguntados sobre como se sentem ao ingerir cada vinho, tanto homens quanto mulheres expressaram emoções positivas em relação aos sabores mais florais e frutados.

Enquanto eles mostravam dar importância às notas referentes às emoções de cada bebida, elas pontuaram melhor na tarefa de distinguir secos e tintos, por exemplo.

Universa – UOL

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Trump chama imigrantes ilegais de animais e promete deportar em massa

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O presidente Donald Trump voltou a reafirmar que fará deportações em larga escala de imigrantes indocumentados hoje (16). Durante uma reunião com autoridades da cidade da Califórnia, Trump causou polêmica ao chamar de “animais” um grupo de imigrantes ilegais membros da gangue Marasalvatrucha “MS-13”, organização criminosa que surgiu em Los Angeles nos anos 1980 e que hoje atua internacionalmente, com ramos em diversas partes dos Estados Unidos, Canadá, México, e América Central.

“Temos muitas pessoas que entram ou que tentam entrar em nosso país […], estamos impedindo inúmeros deles de entrar e removendo muitos dos que já estão aqui”. O comentário de Trump foi feito no contexto em que ele dizia que são pessoas más.

“Você não acreditaria o quão ruim são essas pessoas. Não são as pessoas, são animais … E nós estamos tirando-as para fora do país em um nível nunca visto ”, disse. A gangue MS-13 é composta, em sua maioria, por imigrantes latinos vindos da América Central, principalmente de El Salvador.

Trump afirmou que, devido à falta de uma legislação eficaz, estes imigrantes voltam rapidamente. “Por causa das leis fracas, eles voltam rápido, nós os detivemos, os libertamos, os interceptamos de novo, depois os deportamos de novo”, falou e avisou: “´É uma loucura, temos as leis de imigração mais burras do mundo e nós vamos cuidar disso”.

Na reunião, que teve a presença do procurador-geral, Jeff Sessions; do secretário de Segurança Nacional, Kirstjen Nielsen; do diretor de Imigração e Alfândega (ICE), Thomas Homan; e de representantes e das chamadas cidades-santuário – aquelas que se opõem às ações mais rigorosas contra indocumentados.

Trump lembrou do caso de Kate Steinle, uma jovem norte-americana assassinada por um jovem indocumentado que já tinha sido deportado cinco vezes.

Estado-santuário

A Califórnia foi declarada, em outubro do ano passado, um estado-santuário pelo governo local, que se opõe de maneira direta à política migratória de Trump. Nova York, Chicago, Seattle, Austin, Boston, Houston, San Francisco, Denver e Miami estão entre as consideradas cidades santuário.

Nelas, as autoridades locais têm se recusado a cooperar com agentes de imigração em casos de deportação.

Na Califórnia por exemplo, foram aprovadas medidas que limitam ou proíbem a cooperação a policial e oficiais de imigração. Durante a reunião, Trump, Jeff Sessions e representantes da imigração afirmaram que a limitação em vigor no estado acaba por interferir na segurança das cidades, porque impede a obtenção de informações importantes, que poderiam ajudar na prisão de criminosos que atuam dentro das comunidades ilegais.

Os membros da equipe de Trump criticaram, na reunião, a aplicação de leis locais de proteção aos imigrantes indocumentados em cidades santuário.

Mas autoridades das cidades santuário afirmam que o combate à criminalidade não se resolve com deportações em massa, o que provocaria em realidade uma crise de mão de obra em vários setores, como agricultura, serviços e construção civil.

Pelo Twitter o governador da Califórnia, Jerry Brown, reagiu à declaração de Trump sobre aumentar a deportação de imigrantes ilegais. “Trump está mentindo sobre a imigração, a criminalidade e a lei da Califórnia… Nós, os habitantes da quinta maior economia do mundo, não estamos preocupados”, afirmou.

Agência Brasil

 

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Atriz Eloísa Mafalda morre aos 93 anos

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

eloisa2A atriz Eloísa Mafalda morreu, na noite desta quarta-feira (16), aos 93 anos em Petrópolis, no Rio de Janeiro.

Ela lutava contra problemas respiratórios há alguns anos. O corpo vai ser velado em Jundiaí, São Paulo, cidade natal da atriz.

Em seu currículo, a atriz tem dezenas de novelas, incluindo “Mulheres de areia”, “Pedra sobre Pedra”, “Saramandaia”, entre outras. Eloísa nasceu em setembro de 1924 com o nome de batismo Mafalda Theoto. Ela deixa dois filhos, dois netos e dois bisnetos.

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Bandido morre ao trocar tiros com a PM após assalto na Zona Norte de Natal

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Um homem morreu ao trocar tiros com policiais militares após um assalto na noite desta quarta-feira (16) na Zona Norte de Natal. Antes, durante o roubo, um homem reagiu a atirou. Uma mulher que passava pelo local foi ferida no braço.

Segundo a PM, dois criminosos em uma moto tentaram assaltar um homem no bairro Igapó. Armado, o homem atirou contra os bandidos, que fugiram. Um dos tiros, no entanto, acabou acertando uma mulher que passava pelo local. Ferida no braço, ela foi socorrida e atendida. Já o homem que reagiu ao assalto, não foi encontrado e não procurou a polícia.

Na fuga, os assaltantes se depararam com uma equipa da Força Tática do 4º Batalhão. Foi quanfo houve o confronto. Na troca de tiros, um dos assaltantes foi atingido. Ele ainda foi levado para o hospital, mas morreu.

Segundo a PM, o morto foi identificado como Henrique Peixoto da Silva. Ele havia sido preso em março de 2016 por assalto e atualmente só fazia dormir na cadeia, porque cumpria pena no regime semiaberto.

A arma que estava com o bandido foi apreendida. O comparsa conseguiu fugir na moto. A PM fez buscas pela região, mas não encontrou o ladrão.

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Aposta única leva R$ 60 milhões da Mega-Sena

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O Concurso 2.041 da Mega-Sena, com prêmio previsto de R$ 60 milhões, foi sorteado na noite de hoje (16) em Campos Novos (SC). Um apostador de Brasília acertou os seis números. Confira as dezenas sorteadas: 10 – 12 – 22 – 25 – 42 – 54.

Cento e vinte ganhadores acertaram a quina e cada uma levará um prêmio de R$ R$ 34.570,08. Mais de 9,3 mil bilhetes acertaram quatro dezenas e levam um prêmio de R$ 636,55 cada.

O próximo concurso, que será sorteado no sábado (19), tem um prêmio acumulado estimado em R$ 3 milhões. As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) nas lojas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país.

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

TRE reformula sentença e mantém elegibilidade de Tomba Farias

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

tomba-denunciaEm sessão realizada nessa quarta-feira, 16, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN) reformulou sentença mantendo a elegibilidade do deputado estadual Tomba Farias (PSDB) e o mandato da prefeita de Santa Cruz, Fernanda Costa.

A decisão da Corte Eleitoral se contrapõe a uma decisão judicial em primeira instância, efetivada pela juíza eleitoral de Santa Cruz que havia determinado a cassação dos mandatos da prefeita e do vice-prefeito Ivanildinho Ferreira, além de aplicar a inelegibilidade do deputado Tomba.

Com essa decisão, o deputado Tomba Farias está habilitado a concorrer as eleições 2018.

Powered by WPeMatico

quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

VÍDEO: Assessoria nega que Antonio Fagundes tenha sido agredido em posto; imagens fortes viralizaram nas redes sociais

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

A assessoria de comunicação de Antonio Fagundes negou que o ator tenha sido agredido em um posto de combustíveis após um vídeo começar a circular nas redes sociais nesta quinta-feira, 17.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo também desmentiu à Rádio Bandeirantes que o homem que aparece levando dois tapas no rosto na gravação seja o ator.

A informação foi dada ao apresentador José Luiz Datena, pelo secretário Mágino Alves Barbosa. Ainda não se sabe onde e quando o vídeo foi gravado. Em instantes, a TV Globo vai divulgar uma nota para esclarecer o ocorrido.

No vídeo, dois homens começam a discutir enquanto o mais velho – aparentemente bêbado e segurando uma garrafa de cerveja – xinga o mais novo de “seu merda”. O jovem se irrita e dá dois tapas na cara do senhor, que cai no chão do posto de combustíveis.

Band

Powered by WPeMatico