Diário: 26/05/2018

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Com preço do litro a R$ 2,98, posto de Ciudad del Este, no Paraguai, tem fila de brasileiros

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

gasolina no paraguaiCom a falta de combustível devido à greve dos caminhoneiros, moradores de Foz do Iguaçu e outros municípios do oeste do Paraná estão cruzando a fronteira neste sábado (26) para abastecer.

O posto mais próximo em Ciudad del Este, no Paraguai, que vende a gasolina a R$ 2,98 o litro, tem fila de motoristas brasileiros – que também causam transtorno no trânsito local.

Outros postos da cidade paraguaia também estão sendo procurado pelos brasileiros. A gasolina também é encontrada, neste sábado, a R$ 3,06 e R$ 3,10 no país vizinho.

Powered by WPeMatico

logo-radioserido3-1

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Salto de extremo controle de preços impulsionou crise, diz professora de economia política

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

BRASILNo centro da crise gerada pela greve dos caminhoneiros no Brasil está a discussão sobre se a Petrobras deve liberar completamente os preços dos combustíveis, regular a velocidade com que esses valores são alterados ou exercer um controle artificial de preços em prol do consumidor.

Para a professora de economia política da Fundação Getúlio Vargas, Daniela Campello, um fator que impulsionou a crise atual foi o salto abrupto, ao longo dos últimos quatro anos, do “extremo controle de preços para a extrema liberalização”.

Enquanto o governo Dilma Rousseff adotou uma política de maior intervenção na Petrobras, com contenção dos preços da gasolina e do diesel, o governo Michel Temer deu autonomia à estatal para reajustar os preços conforme as variações do dólar e do petróleo no mercado internacional – e permitiu que os reajustes acontecessem diariamente.

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

‘Não devíamos ter chegado ao ponto em que chegamos’, diz ministro Marco Aurélio sobre greve dos caminhoneiros

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Em Maceió para o XXIII Congresso Brasileiro de Magistrados, o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), falou neste sábado (26) sobre a situação do país e da greve dos caminhoneiros: “Nós não devíamos ter chegado ao ponto em que nós chegamos”.

Diversas rodovias federais e estaduais estão bloqueadas em todo o país pelos caminhoneiros. Eles protestam contra a alta do preço dos combustíveis desde segunda (21). Em entrevista a uma equipe de reportagem da TV Gazeta de Alagoas, ele ainda criticou o decreto que autoriza o uso das Forças Armadas para liberar rodovias em território nacional.

Powered by WPeMatico

_banner-fabricio-otica

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Supermercado online dobra lucro com paralisação de caminhões

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Um supermercado em João Pessoa que vende produtos de forma online e entrega as compras em domicílio está tendo o dobro de lucro esta semana, depois que começaram as paralisações de caminhoneiros nas rodovias na Paraíba. Segundo o dono, a falta de combustível nos postos da cidade tem sido o principal motivo para que os clientes adotem o serviço.

Segundo o dono do estabelecimento, Rafael Rolim o supermercado funciona no bairro Estados, em João Pessoa, mas possui um site onde o internauta pode fazer a feira, selecionando os produtos. O preço praticado no site é o mesmo das vitrines do supermercado. Nas compras a partir de R$ 100 a entrega é grátis para bairros de João Pessoa e no bairro Intermares, em Cabedelo.

Rafael disse que com a dificuldade de encontrar combustíveis em João Pessoa, por causa das paralisações, mais clientes estão procurando o serviço ao longo desta semana. “A gente entregava cerca de 20 a 25 feiras por dia. Nos últimos dias, estão sendo 40 ou 45 por dia. Ou seja, as vendas dobraram”, disse ele.

Powered by WPeMatico

_banner-fabricio-otica

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Cerca de 50% de bloqueios nas estradas foram liberados, diz governo

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O ministro extraordinário da Segurança Pública, Raul Jungmann, atualizou na noite de hoje (26) os números sobre a liberação das rodovias do país. Segundo ele, ainda há 566 pontos de bloqueio parcial de estradas, enquanto outros 524 pontos foram liberados pelas forças de segurança.

“Um número praticamente meio a meio entre aquelas que se encontram liberadas e interditadas”, disse o ministro durante entrevista à imprensa no Palácio do Planalto. “Tivemos seis casos em que o desbloqueio não se deu de foma negociada, em que tivemos que utilizar o choque da Polícia Rodoviária Federal, pórem sem vítimas”, acrescentou Jungmann.

O ministro informou também que desde o início da paralisação de caminhoneiros, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) emitiu 400 autos de infração, com multas que somam R$ 2,03 milhões, correspondente a infrações de trânsito.

Jungmann disse ainda que tem sido aplicadas as multas de R$ 100 mil por hora contra entidades ou empresas que estejam promovendo interdições de estradas pelo país, conforme estipulado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo o governo, a Polícia Federal (PF) já abriu 37 inquéritos para investigar empresários que tenham incentivado a paralisação das atividades de transporte de cargas, crime chamado de locaute. Jungmann mencionou já terem ocorrido prisões, sem dar mais detalhes.

Agência Brasil

Powered by WPeMatico

logo-radioserido3-1

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

[FOTOS] Escassez de combustível provoca filas e fechamento antecipado de postos em Natal

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

POR INTERINO

A paralisação dos caminhoneiros vem reduzindo a quantidade de combustível nos postos de Natal. Na manhã deste sábado, vários abriram com estoque esvaziado de gasolina e combustível.

Os postos que tem conseguido comercializar os produtos tem enfrentado enormes filas. Hoje, alguns postos das avenidas Salgado Filho, Prudente de Morais e Ayrton Senna, que ainda tinham gasolina ou álcool, estavam com filas enormes.

Por outro lado, os que acabaram com o estoque, terminaram optando por fechar mais cedo. Por volta das 18h, alguns postos da avenida Ayrton Senna e da Abel Cabral já tinham fechado.

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Real Madrid bate o Liverpool e leva a 13ª Champios

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Foto: Divulgação / Real Madrid

O Real Madrid, em uma noite de muitas falhas do goleiro Karius e muito inspirada do atacante Bale, bateu o Liverpool por 3 a 1 e se consagrou campeão da UEFA Champions League. Essa foi a 13ª Orelhuda, como é a chamada a taça da Champions, conquistadas pelos madrilenhos.

A final da Liga dos Campeões precisou de apenas cinco minutos para pegar fogo. Uma falha do goleiro Karius fez com que o Real Madrid abrisse o placar em Kiev (UCR), neste sábado (26). O empate veio logo na sequência, com Mané.

O gol de Benzema saiu aos 5 minutos do segundo tempo. Karius tentou repor rápido e o atacante francês esticou a perna. A bola bateu no jogador do Real Madrid e foi vagarosamente morrendo no fundo das redes.

Quatro minutos mais tarde, Milner cobrou escanteio, Lovren escorou de cabeça e Mané aproveitou vacilo de Marcelo para balançar as redes.

O Real Madrid voltou a ficar à frente do marcador com um golaço. Aos 18 minutos, Gareth Bale arriscou uma bicicleta e marcou um golaço contra o Liverpool.

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Exército coloca tropa de prontidão para apoiar PM em refinaria do Rio

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasil

O Exército disponibilizou, na tarde deste sábado (26), um contingente de soldados para dar apoio à Polícia Militar (PM) na segurança em torno da Refinaria Duque de Caxias (Reduc), na Baixada Fluminense. De acordo com o porta-voz do Comando Militar do Leste (CML), coronel Carlos Cinelli, os soldados da Polícia do Exército (PE) estão aquartelados no 15º BPM, em Duque de Caxias, prontos para entrar em ação, caso necessário.

O porta-voz do CML destacou que a atuação reflete a integração e coordenação entre as Forças Armadas e a Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro. Cinelli frisou que as ações têm o propósito de assegurar o fluxo regular de combustíveis, especialmente no estado.

Além da Reduc, funcionam na mesma região as distribuidoras Raízen, da Shell, e a Ipiranga. No início da tarde, o Batalhão de Choque fez a escolta de cinco caminhões-tanque da Raízen, com capacidade de 40 mil litros cada, para abastecer a frota dos ônibus expressos por corredores, conhecidos como BRT, que atendem 450 mil pessoas por dia e hoje não operaram por falta de combustível.

O número de manifestantes em frente à Reduc diminuiu na tarde deste sábado e os caminhões que estavam estacionados no acostamento foram retirados, ainda pela manhã, por ordem da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

STF deve julgar em 6 de junho uso de voto impresso nas eleições

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar em 6 de junho se aceita um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para revogar o uso do voto impresso nas eleições deste ano. O julgamento foi marcado ontem (25) pela ministra Cármen Lúcia, presidente da Corte.

Para a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, autora da ação direta de inconstitucionalidade (ADI) sobre o assunto, o voto impresso “causará transtornos ao eleitorado, aumentará a possibilidade de fraudes e prejudicará a celeridade do processo eleitoral”, sendo inconstitucional também por ter o potencial de comprometer o sigilo do voto.

Raquel Dodge pediu uma liminar (decisão provisória) urgente para revogar a implementação do voto impresso, previsto na lei 13.650/2015 (minirreforma eleitoral). Para ela, a medida cautelar é necessária para evitar gastos desnecessários na proximidade das eleições.

O relator inicial da ADI era o ministro Luiz Fux, mas após assumir a presidência do TSE, em fevereiro, ele declarou-se suspeito para julgar a ação. O processo foi redistribuído para Gilmar Mendes, que resolveu não decidir sozinho sobre a concessão de liminar e enviou a ADI diretamente ao plenário do Supremo.

Desde 2015, a lei prevê que o voto impresso seja 100% implementado nas eleições deste ano, mas o TSE informou ao Congresso, com anuência do Tribunal de Contas da União (TCU), não ter condições técnicas nem dispor em orçamento dos R$ 2 bilhões previstos para tal. A Corte Eleitoral assinou, em 30 de abril, um contrato de R$ 57 milhões para instalar impressoras em apenas 30 mil urnas eletrônicas, 5% do total.

Agência Brasil

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Paralisação mobiliza governadores e prefeitos em todo o país

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

A paralisação dos caminhoneiros mobilizou os governos estaduais e municipais em busca de medidas emergenciais para evitar o agravamento da crise e o desabastecimento de serviços essenciais e combustíveis. Foram definidas ações de contingenciamento no uso de combustíveis, priorizando saúde, segurança e transporte público.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), decretou estado de emergência, suspendendo licitações e autorizando ações emergenciais. A exemplo de Covas, mais de 20 prefeitos do interior de São Paulo decretaram estado de emergência. No Rio, o prefeito Marcelo Crivella (PRB) decretou estado de atenção, colocando os principais serviços do município em alerta.

Para o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), está descartada a possibilidade de decretar estado de emergência. A prioridade, segundo ele, concentra-se em saúde, segurança e transporte público. Rollemberg suspendeu a cobrança de multas de motoristas que fazem fila dupla e param nas pistas à espera do abastecimento nos postos.

Na maior parte das grandes e médias cidades, a frota do transporte público foi reduzida de 30% e 40%. Os atendimentos hospitalares se limitaram às emergências e às ambulâncias. Marcações de consulta e cirurgias foram adiadas.

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Caminhoneiros do Sul do Brasil parados em Caicó afirmam que movimento não vai acabar

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

CAMINHONEIROS NA BR 427O trecho da BR – 427 não está somente ocupada por caminhoneiros da região do Seridó. Na manhã deste sábado a reportagem do Blog do Seridó esteve no local e conseguiu conversar com motoristas de outras regiões do Brasil. Pelo menos dois caminhões da região Sul do país estão parados na BR seridoense e afirmam que o movimento é livre e espontâneo e que não vão parar as atividades.

“Estamos aqui de livre e espontânea vontade, estamos todos juntos e não vamos abrir mão. Toda a população dos caminhoneiros faz uma avaliação bastante positiva do movimento e eu acho que dessa vez nós vamos conseguir. Eu acho uma falta de respeito o que o governo está fazendo conosco”, declarou Enilton Manoel, caminhoneiro de Minas Gerais.

Já para Elemar Baun, caminhoneiro do Paraná, “é preciso para agora para que possamos resolver os nossos problemas. Do jeito que está não pode ficar e está na hora do brasileiro sair pra rua também”, destacou ele.

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Ministro diz que governo tem ‘convicção de locaute’ na greve de caminhoneiros e que PF pediu prisão de empresários

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

carlos marunO ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, afirmou neste sábado (26) que a Polícia Federal já fez pedidos de prisão para empresários que, segundo o ministro, estão por trás de um locaute na paralisação de caminhoneiros.

Locaute (termo originado a partir da palavra em inglês lock out) é o que acontece quando os patrões de um determinado setor impedem os trabalhadores de exercer a atividade. A prática é proibida por lei.

Marun concedeu entrevista no Palácio do Planalto, após participar de reunião com o presidente Michel Temer e outros ministros para monitorar os efeitos da paralisação dos caminhoneiros, que chegou ao sexto dia neste sábado.

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Juiz determina distribuição de 100% do combustível para abastecimento na Paraíba, diz Companhia Docas

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

porto pbUma decisão liminar do juiz da 2ª Vara de Cabedelo determinou a liberação de 100% do abastecimento de combustíveis na Paraíba. A informação foi divulgada neste sábado (26), sexto dia de paralisação dos caminhoneiros, pela presidente da Companhia Docas, Gilmara Temóteo. Até então, conforme decisão judicial anterior, apenas 30% das cargas estavam sendo liberadas durante a paralisação dos caminhoneiros.

Segundo o major Kelton, da Polícia Militar, a liminar determina a não obstrução do porto e dos terminais e o cumprimento que todos os postos da Paraíba sejam abastecidos na totalidade. “Vamos cumprir na íntegra a liminar. A partir deste sábado o abastecimento deve voltar a ser normalizado. Os terminais vão voltar a comercializar 100% do que era comercializado antes”, afirmou o policial.

De acordo com a presidente da Companhia Docas, “a determinação judicial é que não haja obstrução e todos os postos da Paraíba sejam abastecidos com o combustível armazenado aqui no Porto de Cabedelo”.

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Em passagem pelo Seridó, Geraldo Melo visita Boqueirão de Parelhas

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

GERALDO MELOO pré-candidato a senador, Geraldo Melo, está visitando a região do Seridó neste final de semana. Na manhã deste sábado, ele esteve em Parelhas acompanhado do pré-candidato a deputado estadual, Dr. Tiago Almeida, do ex-vereador de Parelhas, Carlinhos, e do ex-deputado estadual, Cipriano Correia.

No município seridoense, Geraldo Melo concedeu entrevista ao mesa redonda, da Rádio Rural de Parelhas, e visitou a barragem Boqueirão, que foi construída na época em que ele foi governador do RN, em 1988.

“Eu tinha três caminhos para escolher: terminar a barragem, antes da chegada do inverno, construir um muro de defesa ao redor de Parelhas para evitar um desastre com as chuvas ou não fazer nada. Essa escolha eu tinha que encaminhar ao Banco Mundial, que estava à frente do projeto Nordeste. Com isso, fui a Brasília em busca de recursos e, em menos de um ano, a barragem estava pronta”, destacou Geraldo Melo.

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Planalto reconhece que demorou para perceber gravidade de movimento de caminhoneiros

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

De forma reservada, ministros próximos do presidente Michel Temer reconhecem que a demora na reação do governo para perceber a gravidade da insatisfação dos caminhoneiros e do setor de transportes tem um motivo especial: o governo estava com todo o foco na sobrevivência política diante das investigações da Lava Jato e o enfraquecimento cada vez maior junto ao Congresso Nacional.

“Já havia sinais dessa insatisfação dos caminhoneiros desde o final do ano passado. Mas o governo não deu a dimensão correta porque estava preocupado com a própria situação do presidente Temer”, reconheceu ao blog um auxiliar próximo do presidente.

A avaliação interna é que o avanço das investigações na Lava Jato contra Temer e a dificuldade para comandar a base aliada no Congresso tiraram do Planalto a energia necessária para cuidar de outros temas.

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Governo publica decreto que autoriza uso das Forças Armadas para liberar rodovias

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Foi publicado na noite desta sexta-feira (25), em edição extra do “Diário Oficial da União”, o decreto do governo federal que autoriza o uso das Forças Armadas em todo o território nacional, para desobstrução de vias públicas federais. A medida foi anunciada depois da crise gerada pelo movimento dos caminhoneiros, que bloqueiam estradas há 5 dias contra o aumento do diesel.

O decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), que autoriza o emprego das Forças Armadas em casos de situações de perturbação da ordem pública, prevê ações de desobstrução de vias públicas federais a partir desta sexta até o dia 4 de junho. Ainda de acordo com a publicação, a medida anunciada também inclui:

remoção ou a condução de veículos que estiverem obstruindo a via pública;

escolta de veículos que prestem serviços essenciais ou transportem produtos considerados essenciais;

garantia de acesso a locais de produção ou distribuição de produtos considerados essenciais;

medidas de proteção para infraestrutura considerada crítica

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Bloqueio dos caminhoneiros impede que lixo de Apodi seja despejado no lixão

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

As duas barreiras dos caminhoneiros nas entradas da cidade de Apodi estão prejudicando a coleta de lixo em todo o município. Os caminhões coletores estão impedidos de passar para despejar o lixo no aterro, que fica localizado na Chapada. A informação é da equipe da Secretaria Municipal de Urbanismo, responsável pelo serviço.

De acordo com o secretário Adjunto da pasta, Reginaldo Fernandes, a coleta está sendo prejudicada desde a sexta-feira (25), quando teve início o bloqueio na BR-405, na saída para Mossoró. Naquela ocasião, um dos caminhões e um trator ficaram presos na manifestação e impedido retornar à cidade.

Na manhã desse sábado (26), outro bloqueio foi montado na rodovia federal, na saída para Pau dos Ferros, tornando impossível a saída ou entrada de qualquer veículo pesado da cidade.

“Como o único caminho para o lixão está bloqueado, o nosso serviço de coleta de lixo está completamente comprometido. Não temos como despejar o lixo coletado no aterro”, explicou Reginaldo.

Para tentar reverter esta situação e liberar a passagem dos coletores, o prefeito Alan Silveira buscou o diálogo com os manifestantes ainda durante a noite de sexta-feira, mas o pedido não foi aceito. Mais cedo, o secretário Alan Rodrigues e o Adjunto já tinham tentado liberar o primeiro caminhão preso no bloqueio, mas também não conseguiram.

“Esta é uma situação crítica, porque os cuidados com o lixo é questão de saúde pública. Só temos dois caminhões coletores e um deles está preso. Agora vamos tentar viabilizar, o quanto antes, um local para despejo temporário do lixo que será coletado com o único caminhão que temos à disposição”, destacou o secretário Alan Rodrigues.

Conforme o cronograma da Secretaria de Urbanismo, a coleta de lixo que é realizada nos finais de semana e que está comprometida abrange o Centro comercial, Calçadão da Lagoa e rodovia BR-405.

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

PRF aplica 349 multas em rodovias, no valor de R$ 1,77 milhão

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Foto: Divulgação / PRF

Desde terça-feira (22), dia seguinte ao início da paralisação de caminhoneiros em todo o país, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) emitiu 349 multas por obstrução de via, que juntas somam R$ 1,77 milhão em infrações.

Ontem (25), uma liminar no STF estipulou também que sejam aplicadas multas de R$ 100 mil por hora a entidades e R$ 10 mil por dia a motoristas que atuarem em bloqueios de rodovias.

Entidades como a Associação Brasileira dos Caminhoneiros (ABCam) e a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) disseram, no entanto, não terem recebido informações sobre a aplicação de multas contra si ou contra motoristas nas estradas, apesar de manterem contato constante com seus filiados paralisados.

Segundo a PRF, a grande maioria das multas são relativas ao artigo 253-A do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que prevê como infração gravíssima “usar qualquer veículo para, deliberadamente, interromper, restringir ou perturbar a circulação na via sem autorização do órgão ou entidade de trânsito com circunscrição sobre ela”.

De acordo com balanço divulgado pela PRF na manhã de hoje (26), sexto dia de paralisação dos caminhoneiros, 544 dos 596 pontos de bloqueio nas rodovias registrados haviam sido liberados.

Agência Brasil

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

6º dia de paralisação: 596 pontos de bloqueio, foram liberados 544

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Foto: Vladimir Platonow / Agência Brasil

No sexto dia de paralisação dos caminhoneiros, restam 596 pontos de bloqueio bloqueados pela ação de caminhoneiros, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o gabinete de crise da Presidência da República. Desse total, 544 foram liberados.

Da 0h às 11h30 de hoje (26), a PRF registrou que foi possível a circulação de cargas sensíveis, transporte de animais, gêneros alimentícios, equipamentos essenciais e combustíveis. De acordo com a polícia, os manifestantes cooperaram e foi garantida a segurança de todos os usuários das rodovias federais.

O presidente Michel Temer determinou que o gabinete de crise fique em alerta. Pela manhã, houve uma reunião e mais três estão programadas: uma para esta tarde e duas para amanhã. Ao final, o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência, Carlos Marun, foi o encarregado de transmitir as informações à imprensa.

Marun afirmou que o governo aplicará multa de R$ 100 mil para quem não desbloquear vias. Segundo ele, o governo tem “convicção de locaute” ou seja, de participação de empresários reforçando o movimento de paralisação. Ele, no entanto, apelou para que os caminhoneiros retornassem ao trabalho o mais rápido possível.

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Em mais um dia de protestos contra aumento do diesel, caminhões são parados nas BRs que cruzam o RN

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

protestoEm mais um dia de protestos contra os constantes aumentos no preço do óleo diesel, o Rio Grande do Norte amanheceu novamente com pontos de bloqueios nas principais rodovias federais que cruzam o estado. São seis pontos de interdição, onde apenas os veículos de pequeno porte estão passando.

São eles:

Dois pontos na BR-406, em João Câmara e Ceará-Mirim

Um ponto na BR-101, em Parnamirim

Um ponto na BR-304, em Mossoró

Dois pontos na BR-427, em Caicó e Currais Novos.

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Delação de Palocci pode complicar a situação do PT

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Na primeira vez em que ficou frente a frente com o juiz Sergio Moro, em abril de 2017, o ex-ministro e ex-todo-poderoso do PT Antônio Palocci já completava sete meses na cadeia. Foi quando resolveu dar o primeiro passo em busca de um acordo de delação premiada. Ao final de seu interrogatório como réu da Lava Jato, Palocci mandou um recado: “Eu tenho informações para mais de um ano de Lava Jato e entrego tudo: operações realizadas, nomes, endereços”.

Desde então, Palocci foi condenado a 12 anos de prisão, denunciado mais três vezes pelo Ministério Público Federal e teve sucessivos pedidos de habeas corpus negados pela Justiça. Agora, Palocci já está preso há 20 meses. A perspectiva de não sair tão cedo da cadeia levou-o ao desespero: emagreceu dez quilos e mergulhou em depressão profunda. Por isso, resolveu escancarar seu explosivo baú de confidências à Polícia Federal. ISTOÉ apurou que a delação contém elementos suficientes para dinamitar o PT, partido que ele ajudou a fundar. Suas revelações, feitas em longos depoimentos à PF em abril, envolvem principalmente os ex-presidentes Lula e Dilma, a quem acusa de práticas de corrupção estratosféricas.

“A delação de Palocci destrói o PT”, diz um delegado da PF que participou das oitivas do ex-ministro. O roteiro está concluído e deve servir de base, nas próximas semanas, para novas condenações dos protagonistas do esquema. Como coordenador das campanhas que elegeram Lula e Dilma, Palocci detalhou à PF como eles usaram e abusaram de recursos das empreiteiras, desviados da Petrobras, para financiar as milionárias campanhas eleitorais e também utilizar o dinheiro sujo para o enriquecimento pessoal. E tudo armado dentro do gabinete presidencial no Palácio do Planalto.

A rota da propina

No depoimento, Palocci indicou a rota da propina, não se limitando a revelar como funcionava o esquema de corrupção. Ele citou valores, as empresas que pagavam as propinas e explicou como o dinheiro chegava às mãos dos petistas. Detalhadamente. Forneceu até o nome do motorista que fazia o transporte do dinheiro e as senhas que Lula usava na hora de se referir ao pagamento da propina. Como não dirigia seu próprio carro, Palocci mandava seu motorista particular levar os valores.

Na delação, o ex-ministro apresentou datas, horários e locais onde o dinheiro era entregue. Um pacote chegou a ser deixado na sede do Instituto Lula em São Paulo por “Brani” ou Branislav Kontic, assessor direto do ex-ministro, num final de semana, fora do horário do expediente. No total, o ex-presidente, segundo Palocci, recebeu mais de R$ 10 milhões em dinheiro vivo das mãos de Brani. No apagar das luzes de 2010, quando Lula estava na iminência de deixar o Palácio do Planalto, o assessor transportou várias remessas de dinheiro vivo ao petista, em quantias que somavam R$ 50 mil cada pacote. Lula demonstrava discrição. Às vezes, mandava deixar o malote num local previamente combinado. Em outras ocasiões, escalava Paulo Okamotto para o serviço sujo.

IstoÉ

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Fábio Dantas agradece apoio de Geraldo Melo: “É uma manifestação muito importante”

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

POR INTERINO

O pré-candidato a governador pelo PSB, Fábio Dantas, agradeceu o apoio manifestado pelo ex-governador e pré-candidato a senador pelo PSDB, Geraldo Melo. O agradecimento público é uma tentativa de aproximar ainda mais o PSDB, que oficialmente não decidiu quem vai apoiar para Governo do Estado e que tem dialogado com todos os pré-candidatos.

Ontem a noite Geraldo Melo disse na 96 FM: “Entre os pré-candidatos a governador, o meu apoio é a Fábio Dantas e vou fazer o que puder para ajudá-lo. Nós conversamos sobre o Estado e ele demonstrou ser um pessoa extremamente atualizada e bem informada sobre a nossa realidade”.

Logo em seguida, Fábio agradeceu: “É uma manifestação muito importante. Geraldo Melo já foi secretário de Estado, vice-governador, governador e senador da República e conhece bem o Estado. Fico honrado em saber que ele reconhece o que podemos fazer pelo Rio Grande do Norte”.

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Aeroporto de Brasília continua sem combustível e opera com restrições

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek continua operando, porém com restrições. De acordo com a Inframerica, concessionária que administra o terminal, somente estão pousando no aeroporto aviões com condições de decolar sem abastecimento. “É importante ressaltar que os passageiros devem entrar em contato com a sua companhia aérea antes de se dirigir ao nosso terminal”, orienta a concessionária.

A Inframerica esclarece que até o momento não recebeu caminhões com querosene de aviação para abastecer as aeronaves. “Continuamos sem combustível. Da meia-noite de ontem até as 8h deste sábado (26), operamos 36 pousos e decolagens, três voos estão atrasados no momento e 40 voos já foram cancelados”, informa.

Nos postos de Brasília que ainda têm combustíveis a movimentação de motoristas é grande. É o caso de um posto localizado no Eixinho Norte, na pista sentido Asa Sul, altura da Quadra 405. Uma fila de carros aguarda para abastecer com gasolina.

Agência Brasil

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Manifestantes seguem com protesto na BR 427 em Caicó

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Foto: Sidney Silva

O protesto dos caminhoneiros continua na manhã deste sábado (26), na BR 427, saída de Caicó para Serra Negra do Norte, no quarto dia consecutivo. Eles estão passando o tempo todo no local se revezando. Alguns passam a noite e madrugada e outros ficam durante o dia.

Caminhoneiros de estados como Rio Grande do Sul, estão sem poder passar pelo bloqueio. Nesta manhã, apenas seis caminhões estavam estacionados no acostamento da rodovia federal que corta a cidade de Caicó.

Os manifestantes permitem que carros de pequeno porte, além de ônibus, cargas vivas e ambulâncias e carros de funerárias, passem.

“Nós só vamos sair daqui quando as mudanças nos preços prometidas forem publicadas no Diário Oficial e quando estiverem nas bombas dos postos de combustíveis”, disse um dos manifestantes que não quis se identificar.

Blog Sidney Silva

Powered by WPeMatico

sábado

26

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Exército se reúne com forças de segurança do RN para traçar planos de ação

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Desde ontem (25), membros do Exército Nacional se reúnem com os diversos segmentos das forças de segurança pública do Rio Grande do Norte a fim de traçar um plano de ação para retirada dos caminhoneiros das rodovias do Estado, em cumprimento ao decreto do presidente Michel Temer, que autorizou o uso das forças armadas para liberar as estradas.

De acordo com o departamento de relações públicas do Exército, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Policia Rodoviária Estadual e outros setores da Secretaria do Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) vão se engajar na ação de retirada, que será multisetorial. O departamento de relações públicas ainda não deu, no entanto uma previsão para o início da ação física de retirada dos caminhoneiros, que permanecem fechando uma faixa da BR-101, em Parnamirim, e em outros pontos do Estado.

“Missão dada é missão cumprida. Vamos atender a ordem do decreto presidencial, mas com toda atenção a legalidade e na busca sempre de uma solução pacífica, que cause o mínimo de dano à população”, afirmou o relações públicas do Exército no RN, Coronel Erlan.

Ironicamente, os caminhoneiros cantam na BR o hino nacional e exibem placas pedindo “intervenção militar já”.

Tribuna do Norte

Powered by WPeMatico