Diário: 12/08/2018

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Dobradinha de Beto e Larissa fortalece projeto de reeleição de ambos, além da candidatura de Carlos Eduardo

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O deputado federal Beto Rosado (PP) e a deputada estadual Larissa Rosado (PSDB), ambos candidatos à reeleição, estão com o projeto fortalecido, além da candidatura a governador de Carlos Eduardo (PDT), que tem como vice Kadu Ciarlini (PP).

A desistência de Sandra Rosado (PSDB) em disputar uma vaga de deputada federal, promove a união da base de apoio municipal da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), integrada também por Sandra, que teve gesto de grandeza para fortalecer ainda mais a eleição de Larissa.

A partir de agora, Larissa passa a ser a estadual de Rosalba e Beto o federal de Sandra. E Carlos Eduardo será o candidato a governador de todos.

A costura dessa dobradinha foi feita pelo ex-deputado Carlos Augusto Rosado.

E terá também como consequência retirar votação expressiva da chapa de federal do governador Robinson Faria (PSD)…Com a saída de Sandra, boa parte desse eleitorado passa para a coligação proporcional de Carlos Eduardo (PDT), através do voto em Beto.

Inevitavelmente, a chapa proporcional do sistema do governador Robinson Faria (PSD) perde forças para fazer cinco deputados federais.

E a coligação de deputado federal de Carlos Eduardo (PDT) se fortalece podendo fazer até quatro federais.

Powered by WPeMatico

logo-radioserido3-1

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Ex-vereador de Caicó diz que vai a justiça se PSD impedir sua candidatura a deputado federal

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O ex-vereador de Caicó, Lelêu Fontes, divulgou neste domingo (12) que soube da informação que o PSD estaria retirando sua candidatura a deputado federal.

E já adiantou que se forem adiante vai buscar o direito de ser candidato na justiça.

Detalhe: O PSD tem como presidente estadual o governador Robinson Faria, de quem Lelêu foi aliado de primeira hora em 2014.

Powered by WPeMatico

_banner-fabricio-otica

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Próximo governo pode herdar conta de R$ 250 bilhões

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Além do rombo nas contas públicas que se estenderá pelos próximos anos, um esqueleto de mais de R$ 250 bilhões pode cair nas mãos do próximo presidente da República.

Embora o Supremo Tribunal Federal (STF) tenha decidido em março de 2017 que o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) cobrado pelos governos estaduais não pode ser considerado na base de cálculo do PIS/Cofins cobrado pelo governo federal, a corte mais alta do País ainda não determinou se a União terá de devolver aos contribuintes o imposto recolhido a mais.

O acórdão da decisão de março de 2017 foi publicado em outubro e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) imediatamente ingressou com recurso no STF, que ainda não foi julgado. O órgão pediu que o tribunal modulasse a decisão, ou seja, determinasse que seus efeitos só tivessem validade a partir de determinado momento.

A equipe econômica defende que o passivo máximo que poderia ser considerado é de R$ 100 bilhões, valor correspondente ao impacto de cinco anos antes da decisão do STF. As perdas, porém, chegariam a R$ 250,3 bilhões se o período considerado fosse de 2003 a 2014 e todos os contribuintes cobrassem na Justiça. No entanto, a PGFN luta para evitar a cobrança retroativa de qualquer valor.

A relatora do recurso é a ministra Cármen Lúcia, que deixará o comando do tribunal em setembro sem levar o tema ao plenário. Procurado, o gabinete da ministra não respondeu sobre a previsão de liberar os embargos para julgamento. Embora não seja incomum que recursos levem um ano ou mais para voltarem a ser apreciados pelo colegiado, especialistas no tema esperavam que Cármen Lúcia apresentasse seu voto durante seu tempo na presidência da corte.

“Havia grande expectativa de que o recurso fosse votado no primeiro semestre. Em termos econômicos, esse é o maior caso pendente no Supremo. Dada a sua relevância, o tema deveria já ter sido analisado há mais tempo”, considera Bruno Teixeira, advogado do escritório Tozzini Freire.

Enquanto o recurso não é julgado, o governo não devolve os valores ao setor produtivo, que vem brigando na Justiça para começar a compensar esses créditos tributários com base na repercussão geral da decisão do ano passado. A jurisprudência do STF já define que embargos de declaração não dão efeito suspensivo e muitas empresas vêm conseguindo vitórias em tribunais de instâncias inferiores.

Insegurança

A sócia do escritório Mattos Filho, Glaucia Lauletta Frascino, avalia que a demora do Supremo traz imprevisibilidade para os contribuintes. “A matéria já foi apreciada e não vejo motivo para a modulação dos efeitos. Mas apenas após o trânsito em julgado do caso os recursos individuais poderão ser encerrados. Até lá, os contribuintes continuarão dependendo das decisões dos tribunais regionais em casos específicos”, afirma. “É lamentável essa insegurança.”

A advogada explica que os R$ 250,3 bilhões que o governo alega que teria de devolver caso o STF não module a decisão não seriam uma “bomba fiscal” imediata. “Não há esse efeito catastrófico alegado pela PGFN, porque a devolução se daria gradualmente na forma de créditos tributários, que seriam abatidos ao longo do tempo pelas empresas”, explica.

Além do efeito retroativo, a Receita Federal calcula que a retirada do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins tenha impacto anual de R$ 45,8 bilhões na arrecadação, considerando valores de 2018. O Fisco ainda considera um impacto de R$ 6,54 bilhões com a retirada do Imposto sobre Serviços (ISS) municipal da base do tributo federal.

“Os efeitos da decisão reduzirão a arrecadação do PIS/Cofins, cujo movimento está sendo monitorado, mas no momento não há informações que permitam avaliar com precisão o comportamento do contribuinte em relação a esta parcela do tributo”, afirma a Receita, em nota.

Para o gerente de Políticas Fiscal e Tributária da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Mario Sergio Carraro Telles, a indefinição jurídica prejudica a concorrência entre empresas. “Grandes companhias têm conseguido decisões favoráveis à compensação de créditos, enquanto outras não conseguem o benefício. Isso causa um desequilíbrio importante na concorrência entre elas porque se tratam de valores significativos. Essa corrida ao Judiciário é extremamente ruim para o ambiente econômico”, alerta.

Para o diretor executivo da CBPI Produtividade Institucional, Emerson Casali, a resolução da questão implode o atual modelo de cobrança de impostos sobre impostos e obriga o governo a discutir uma reforma tributária. Ele lembra, no entanto, que o governo deve ajustar as alíquotas do PIS/Cofins para compensar a perda de arrecadação com a saída do ICMS e outros tributos da base de cálculo.

“O ICMS hoje é em média 27% da base de cálculo do PIS/Cofins, enquanto o ISS tem participação pequena. Por isso, o setor de serviços não irá aceitar que uma reforma no PIS/Cofins venha com calibragem linear das alíquotas que acabe afetando todos da mesma maneira”, adianta. Com informações do Estadão Conteúdo.

Powered by WPeMatico

logo-radioserido3-1

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

‘Lula está lá de visita, de favor’, diz diretor da PF sobre prisão

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Trinta homens do Comando de Operações Táticas (COT), a tropa de elite da Polícia Federal, estavam a postos com suas armas para invadir o Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo. Com mandado de prisão expedido pelo juiz Sérgio Moro, o ex-presidente Lula resistia a se entregar.

Na primeira entrevista desde que assumiu o cargo, há cinco meses, o diretor-geral da PF, Rogério Galloro, relata detalhes das negociações para levar o petista a Curitiba naquele sábado, 7 de abril. O número um da polícia se aproximou dos negociadores de Lula: “Acabou! Se não sair em meia hora, vamos entrar”. Em seguida, ordenou que os agentes invadissem o prédio no fim do prazo estipulado.

Como foi o episódio da prisão do ex-presidente Lula?

Foi um dos piores dias da minha vida. Quando eles (interlocutores de Lula) pediram detalhes da logística da prisão, nos convenceram de que havia interesse do ex-presidente de se entregar ainda na sexta (6 de abril, prazo dado pelo juiz Sérgio Moro). Acabou o dia e ele não se apresentou. Nós não queríamos atrito, nenhuma falha. Chegou o sábado, Moro exigiu que a gente cumprisse logo o mandado. A missa (improvisada no sindicato) não acabava mais. Deu uma hora (da tarde) e eles disseram: ‘Ele vai almoçar e se entregar’.

O sr. perdeu a paciência em algum momento?

No sábado, nós fizemos contato com uma empresa de um galpão ao lado, lá tinha 30 homens do COT (Comando de Operações Táticas) prontos para invadir. Ele (Lula) iria sair em sigilo pelo fundo quando alguém, lá do sindicato, foi para a sacada e gritou para multidão do lado de fora, que correu para impedir a saída. Foi um susto. A multidão começou a cercá-lo e eu vi que ali poderia acontecer uma desgraça. Ele retornou.

Qual era o risco?

Quando tem multidão, você não tem controle. Aquele foi o pior momento, porque eu percebi que não tinha outro jeito. A pressão aumentando. Quando deu 17h30, eu liguei para o negociador e disse: ‘Acabou! Se ele não sair em meia hora nós vamos entrar’. E dei a ordem para entrar. Às 18h, ele saiu.

Houve alguma exigência?

Eles pediram para não haver muita exposição, que não humilhasse o ex-presidente, nós usamos tudo descaracterizado. Ele estava quieto o tempo todo, bastante concentrado.

Por que o ex-presidente está na superintendência da PF?

Isso não nos agrada. Nunca tivemos preso condenado numa superintendência. É uma situação excepcional. O juiz Moro me ligou, pediu nosso apoio, ele sabe que não temos interesse nisso. Mas, em prol do bom relacionamento, nós cedemos.

Recentemente, Lula mandou chamar dirigentes do PT para discutir, dentro da superintendência, a eleição presidencial. É um tratamento diferenciado?

Não somos nós que organizamos isso (as regras para visitas), mas o juiz da Vara de Execuções Penais. O Lula está lá de visita, de favor. Nas nossas novas superintendências não vão ter mais custódia. No Paraná, não vamos mexer agora. Só depois da Lava Jato.

O sr. conversou com o ex-presidente na prisão?

Eu estive na superintendência, mas não fui vê-lo. É um simbolismo muito ruim.

O segundo momento tenso para a PF envolveu a ordem de soltar Lula dada pelo desembargador Rogério Favreto e a contraordem de Moro e dos desembargadores Gebran Neto e Thompson Flores, do TRF-4. 

Eu estava no Park Shopping, em Brasília, dei uma mordida no sanduíche, toca o telefone. Avisei para a minha mulher: ‘Acabou o passeio’.

Em algum momento a PF pensou em soltar o ex-presidente?

Diante das divergências, decidimos fazer a nossa interpretação. Concluímos que iríamos cumprir a decisão do plantonista do TRF-4. Falei para o ministro Raul Jungmann (Segurança Pública): ‘Ministro, nós vamos soltar’. Em seguida, a (procuradora-geral da República) Raquel Dodge me ligou e disse que estava protocolando no STJ (Superior Tribunal de Justiça) contra a soltura. ‘E agora?’ Depois foi o (presidente do TRF-4) Thompson (Flores) quem nos ligou. ‘Eu estou determinando, não soltem’. O telefonema dele veio antes de expirar uma hora. Valeu o telefonema.

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo, blindou o delegado da PF Cleyber Malta Lopes ao autorizar a prorrogação do inquérito dos Portos, que investiga o presidente Michel Temer. O sr. tentou trocar o delegado?

Não. Eu estive com o Cleyber antes de me tornar diretor-geral. Depois disso sequer o vi. Houve um momento em que eu coloquei 25 policiais para ajudá-lo. Foi no período anterior à decisão do ministro de prorrogar por mais 60 dias.

Não lhe pareceu um recado o fato de o ministro especificar em sua decisão que o delegado deveria continuar à frente do caso? 

Acho que o ministro quis dizer que Cleyber toca bem o caso. Na linha: ‘Olhe, não tire ele, não. Se ele entrar de férias, não põe outro no lugar’.

A PF está perseguindo professores da UFSC que fizeram protestos contra agentes da operação que investigou o ex-reitor Luiz Carlos Cancellier?

Depois que o reitor se suicidou, uma situação terrível, começou um movimento de muita crítica às autoridades que participaram da investigação, a delegada, a juíza, o corregedor da universidade. Foram colocadas fotos deles dizendo: ‘autoridades que cometeram abuso de poder e mataram o reitor’. E essa faixa é exposta toda vez que fazem uma manifestação. E essas autoridades se sentiram ofendidas.

Houve necessidade de abertura de inquérito?

É a mesma coisa de colocar, por exemplo, a foto de servidores e dizer: ‘Esses indivíduos estupraram alguém’. É uma acusação seríssima. E esses indivíduos, cada vez que saem da oitiva, dizem que estão sendo perseguidos. Não é uma investigação contra a universidade. É de crime contra a honra.

Mas o inquérito não pode ser uma forma de censura?

Tem outros meios de protestar que não acusar uma autoridade de abuso.

O sr. é um gestor, um técnico. Como evitar que o próximo presidente nomeie um delegado amigo para a diretoria da PF?

Tem policial com viés político. E isso é legal. Mas será que um desses, se tornando diretor-geral, é bom para a instituição? A gente teve um exemplo recente que se provou que não é. Se o gestor não tiver legitimidade interna, ele não consegue permanecer. Eu não tenho influência nas investigações. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Explosão em depósito de armas mata 39 pessoas na Síria

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Pelo menos 39 pessoas, incluindo 12 crianças, morreram e centenas ficaram feridas neste domingo (12) em consequência da explosão de um depósito de armas no norte da Síria, informou o Observatório Sírio para Direitos Humanos (OSDH).

A explosão ocorreu na aldeia de Sarmada, na província de Idlib, no noroeste do país, perto da fronteira com a Turquia. O depósito estava na base de um prédio.

Segundo os primeiros socorristas, a explosão fez dois edifícios desabarem, enterrando muitas das vítimas. Ainda não se sabe o que causou o episódio.

De acordo com o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman, o local pertencia a um traficante de armas que trabalhava para o grupo extremista Hayat Tahrir Al-Sham (HTS), formado pelo ex-braço sírio da Al-Qaeda.

Reconquistar a província de Idlib é um dos objetivos de Bashar al-Assad, já que é a região é uma das últimas da Síria que não estão sob o controle de seu governo. (ANSA)

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Mega-Sena, concurso 2.067: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 6,5 milhões

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

A Caixa Econômica Federal realizou neste sábado (11) o sorteio do concurso 2.067 da Mega-Sena, em Ribeirão dos Índios (SP).

As dezenas sorteadas foram: 02 – 11 – 13 – 26 – 32 – 59.

Ninguém acertou as seis dezenas, e o prêmio acumulado para o próximo sorteio está estimado em R$ 6,5 milhões.

A Quina teve 57 apostas ganhadoras, e cada vencedor receberá R$ 28.876,29. Outras 3828 pessoas acertaram a Quadra, com prêmio de R$ 614,25 para cada.

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Walter Alves participa da Festa de São Joaquim, padroeiro de Fernando Pedroza

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Atendendo convite da prefeita Sandra Jaqueline (PSD), o deputado federal e pré-candidato à reeleição Walter Alves (MDB-RN) participou, na noite de ontem (11), das festividades de São Joaquim, padroeiro do município de Fernando Pedroza, localizado a 160 quilômetros de Natal.

Walter Alves foi um dos padrinhos da sexta noite de novenário que contou ainda com a presença do ex-prefeito de Natal e pré-candidato a governador, Carlos Eduardo (PDT), e deputado estadual e pré-candidato à reeleição, Raimundo Fernandes (PSDB).

A Festa de São Joaquim em Fernando Pedroza teve início no último dia 6 e a programação se estende até o próximo dia 16 com missas, novenas e procissão.

Powered by WPeMatico

_banner-fabricio-otica

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Terezinha Maia recebe apoio da ex-prefeita de Macaíba

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

A ex-prefeita de Macaíba, Marília Dias abraçou a candidatura de Terezinha Maia que disputa uma vaga nas eleições deste ano na assembleia legislativa do Rio Grande do Norte. No sábado (11), Marília caminhou com Terezinha na feira livre da cidade apresentado-a a população como ‘minha candidata’.

“Tive a felicidade de ir à feira de Macaíba ao lado de uma mulher tão querida pelo povo de sua terra. A ex-prefeita Marília Dias é uma apoiadora do nosso projeto por confiar, como também por defender que mais mulheres ocupem espaços na política estadual. Agradeço ao povo de Macaíba pela receptividade”, disse Terezinha Maia.

 

 

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Governo estuda dar formação profissional para presos

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O governo estuda oferecer cursos de profissionalização para 726 mil homens e mulheres presos condenados pela Justiça. Apenas 12% dos detentos no país têm atividade laboral, segundo dados oficiais. A proposta é que empresas privadas se responsabilizem pela formação técnica de tal maneira que ao deixarem a prisão, os apenados tenham condições de ingressar no mercado de trabalho.

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse nesta sexta-feira (10) as empresas serão escolhidas por meio de licitações, com valor acima de R$ 330 mil anuais, e assumirão responsabilidade para contratar e definir atividades profissionalizantes nos presídios. O mesmo deverá valer para egressos do sistema prisional.

Jungmann anunciou também que deverá ser ampliado o sistema de redes de perfis genéticos de criminosos (DNA). Para tanto, devem ser aplicados R$ 10 milhões. De acordo com ele, o objetivo é focar principalmente na violência contra mulher.

“Quando você tem o estupro e tem o DNA você pode passar por 75 mil registros dos bancos e verificar se há material de alguns dos presos para punir o estuprador. Ainda este mês vamos também fazer uma grande ação de combate ao feminicídio”, disse.

Equipamentos e veículos 

Jungmann afirmou que o governo vai investir imediatamente na compra de equipamentos e veículos. Segundo ele, serão adquiridos 8 mil veículos, que permitirão a renovação de 23% da frota, estimada em 35 mil carros das polícias do país. Em uma segunda etapa, haverá abertura de licitações para compra de drones, armas e motocicletas.

O ministro ressaltou ainda que serão comprados 120 mil coletes de proteção individual para os policiais ao custo de R$ 220 milhões. “Até hoje tínhamos mais policiais que coletes e agora teremos excedente de coletes”, disse.

Segurança pública 

Após ser questionado sobre os dados de aumento das mortes violentas no ano passado, segundo dados do 12º Anuário de Segurança Pública, Jungmann afirmou que até o início do próximo mês, serão instalados o Sistema Único de Segurança Pública (Susp) e o Conselho Nacional de Segurança Pública, responsável pela condução da política do setor.

O ministro reiterou que: “ Lembro que o anuário reflete 2017 e estamos em 2018, o ano em que foi criado Ministério da Segurança Pública e o Susp”.

De acordo com o anuário, apenas em 2017, o Brasil registrou 63.880 mortes violentas, o maior número de homicídios da história recente do país. Foram assassinadas 175 pessoas por dia, registrando elevação de 2,9% em comparação a 2016.

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Homem tem direito a pensão após ficar paraplégico em ação do Exército

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O juiz da 5ª Vara Federal Cível do Rio de Janeiro, Sergio Bocayuva Tavares Dias, condenou a União a pagar R$ 550 mil por danos estéticos e R$ 400 mil por danos morais a um homem que ficou paraplégico após ser vítima de disparos de armas de fogo feitos por militares da Força de Pacificação no Complexo da Maré, na zona norte do Rio, em 2015. O autor da ação teve também que amputar a perna esquerda.

A vítima terá direito a pensão vitalícia de 1,35 salário mínimo (cerca de R$ 1.262,35) e sua mãe receberá pensão mensal de R$ 954, por ter deixado o emprego para cuidar do filho. A União também deverá fornecer ao autor assistência de enfermagem para curativos em domicílio, fisioterapia, acompanhamento médico em clínica geral e psicoterapia. Cabe recurso da decisão.

A União contestou a ação alegando que os militares reagiram quando o condutor do veículo avançou contra uma barreira, direcionando o carro contra a tropa, que agiu em legítima defesa. Na decisão, o juiz afirma que sendo o autor da ação era passageiro e, por isso, “não tem relação com a suposta conduta de quem dirigia o carro, isto é, com a agressão. A tese de quebra de nexo de causalidade é levantada pela União como forma de obscurecer a circunstância de que a alegação é, no fundo, situação em que se aduz legítima defesa contra o dano causado a terceiro, ou seja, contra quem não é o agressor”.

Na decisão, o juiz Sergio Bocayuva diz que, mesmo que fosse viável a hipótese de legítima defesa, “não isenta a reparação ao terceiro que não tem relação com a situação posta entre o agressor e a vítima. O ato de defesa que provoca danos para o terceiro gera o dever de indenizar”.

A legítima defesa foi afastada em virtude da maioria dos militares estar abrigada em veículos do Exército durante a abordagem. No entendimento do juiz, não havia elementos mínimos indicando que o condutor tenha colocado em situação de risco qualquer militar. “Na melhor das hipóteses, o motorista teria furado um bloqueio”, afirmou o magistrado.

No total, foram seis disparos no vidro traseiro do carro e na lateral direita, nos locais destinados aos ocupantes.

Agência Brasil

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Site traz patrimônio financeiro de políticos que disputaram eleições

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

internetUm site desenvolvido por alunos da Universidade Federal de Campina Grande vai mostrar o patrimônio financeiro dos políticos que disputaram as duas últimas eleições.

O site Capital dos Candidatos permite que os eleitores comparem os rendimentos declarados à Justiça e verificar se estes candidatos ficaram mais ricos ao longo dos anos. A ferramenta também informa quem teve o maior salto ou queda patrimonial no período.

As informações dos candidatos que vão disputar as eleições de outubro só serão colocadas no site depois que as candidaturas forem registradas, o que acontece até o dia 15 de agosto.

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Empresas monitoram internautas pelos navegadores

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

internetNos últimos anos, dados pessoais entraram no centro de disputas econômicas e políticas. Essas informações passaram a ser chamadas de “o novo petróleo” e organizações internacionais classificam como o principal insumo de uma “4ª revolução industrial”. Na política, as denúncias de interferências em processos políticos e eleições por grandes plataformas colocou em evidência o poder da coleta desses registros para direcionar anúncios e mensagens.

Neste cenário, emerge uma disputa silenciosa entre as diversas iniciativas de coleta de dados e as tentativas de se proteger dessa prática, seja por meio de legislações seja por condutas cotidianas. Navegadores usados em desktops e smartphones são um dos canais por meio dos quais cidadãos têm sido monitorados.

O alerta foi dado por Veridiana Alimonti, representante da entidade internacional Eletronic Frontier Foundation (EFF), na nona edição do “Seminário sobre Proteção à Privacidade e aos Dados Pessoais”, evento promovido pelo Comitê Gestor da Internet nesta semana em São Paulo e que reuniu especialistas internacionais no tema.

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 6,5 milhões

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Ninguém acertou as seis dezenas sorteadas no concurso 2067 da Mega-Sena, realizado na noite de ontem (11). O prêmio para o próximo sorteio pode chegar a R$ 6,5 milhões.  Os números sorteados foram: 02 – 11 – 13 – 26 – 32 – 59.

Os sorteios da Mega-Sena são realizados duas vezes por semana, quartas e aos sábados.  A aposta mínima, de seis números, custa R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer casa lotérica do país.

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Próximo presidente encontrará reforma tributária pronta para votar

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

palácio da república

Após as eleições, comissão especial da Câmara dos Deputados terá pronta para votar nova legislação tributária. A proposta promete racionalizar, tornar mais justa e eficiente a cobrança de impostos e contribuições no país.

A promulgação da Proposta de Emenda Constitucional nº 293/04, no entanto, só poderá ocorrer após o fim da vigência da intervenção federal na segurança pública do Estado do Rio de Janeiro (Decreto nº 9.288/18), prevista para 31 de dezembro de 2018. O calendário de tramitação final coincide com o início do mandato do novo presidente a ser eleito em outubro.

O próximo mandatário poderá se beneficiar da convergência, segundo especialistas, em torno das necessidades de mudança na lei tributária, para simplificar a cobrança, acabar com a guerra fiscal entre os estados e diminuir os chamados “efeitos regressivos” – que tendem a onerar os contribuintes de renda menor.

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Chuva de meteoros acontecerá na madrugada desta segunda

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

meteorosTodos os anos, no mês de agosto, é possível ver da Terra a chuva de meteoros “Perseidas”. Seu nome é uma referência à constelação de Perseu, porque a chuva pode ser vista perto do conjunto de astros. Neste ano, o pico do fenômeno acontece durante a Lua nova, o que facilita a observação, com a noite mais escura. E, se você estiver no Brasil e quiser acompanhar o fenômeno, vai precisar de um pouco de paciência e de algumas instruções — que daremos aqui.

A chuva de estrelas cadentes Perseidas costuma ser visível entre o fim de julho e as primeiras semanas de agosto, mas existe um pico do fenômeno, quando o número de estrelas cadentes visíveis é maior. Neste ano, ele poderá ser observado na madrugada deste domingo (12) para segunda-feira (13).

Entre os brasileiros, os moradores das regiões Norte e Nordeste são os mais privilegiados em termos de visibilidade da chuva de meteoros. Isso porque, desses locais, a constelação de Perseu é visível mais alta no céu. Outras regiões do País também podem acompanhar o espetáculo, mas com o fenômeno mais visível perto da linha do horizonte — tornando mais difícil a visibilidade, caso você esteja cercado de elementos na paisagem, como prédios.

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Oficial: Sandra Rosado retira candidatura a deputada federal

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Segue abaixo nota da vereadora de Mossoró, Sandra Rosado (PSDB), anunciando a retirada de sua candidatura a deputada federal:

Ao povo de Mossoró e do Rio Grande do Norte

A vida pública exige coragem, sensibilidade e renúncia. Consciente disso e fiel aos princípios éticos de Vingt Rosado, que me ensinou que o verdadeiro líder deve interpretar a importância do momento político, sem temer seus resultados, desde que o faça com honradez e transparência.
Sempre afirmei o desejo de representar o nosso povo na Câmara dos Deputados onde, por três mandatos sucessivos, cumpri a palavra empenhada com meus eleitores, defendendo com ousadia, determinação e bravura os projetos que melhor representassem os interesses do nosso Rio Grande do Norte.
Diante das circunstâncias que caracterizam o atual processo eleitoral decidi adiar, temporariamente, esse projeto. Contudo, deixo bem claro que permanecerei na política. Estarei sempre ao lado de mulheres e homens que confiaram em mim, na condução dos difíceis e complexos processos que envolvem a política como um todo.
A política deveria ser praticada por todos e todas da forma mais sublime, porém, aprofundou-se na prática abominável da negociação nefasta do poder econômico, restando um pequeno número de políticos que mantêm a vocação firmada no ideal de servir.
Deixo uma palavra de tranquilidade e de esperança para todos. Embora seja uma decisão difícil, não considero um sacrifício pessoal intransponível.
Afasto-me da disputa, não do processo democrático. Continuo a honrar as obrigações da mais nobre das missões que já assumi por delegação popular, a de vereadora. Estarei nas ruas ao lado dos candidatos que, hoje, acredito serem os melhores para os destinos de Mossoró e do Rio Grande do Norte. Mais adiante, dependendo da realidade do momento, retomarei o projeto temporariamente interrompido.

As últimas palavras são de agradecimento e de convocação.
Agradeço a Deus pela fé e pela coragem de tomar essa decisão.
À minha família pelo apoio permanente que me oferece.
A você que me acompanhou durante tantos anos e que se comprometeu para esta nova luta acreditando no meu trabalho. Ao PSDB, por intermédio do seu presidente, deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza, pelo companheirismo constante, a minha gratidão.
Faço uma convocação para que estejamos juntos ao lado da deputada Larissa Rosado, que será a condutora dos nossos ideais e grupo político. Larissa constitui tudo aquilo que representamos na política. Exerce essa atividade com seriedade, honestidade e amizade, sensível à busca constante para amenizar o sofrimento do povo. Seu carisma ultrapassou os limites de Mossoró, tendo seu trabalho reconhecido em todo Rio Grande do Norte.
Receba um abraço fraterno. Mesmo não disputando cargo de deputado federal nas eleições deste ano, permaneço na certeza de que continuaremos juntos na gratificante missão de servir ao próximo.

Até breve!
Muito obrigada
Mossoró-RN, 12 de Agosto de 2018.

Sandra Rosado

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Supremo Tribunal Federal vai decidir se crianças podem ser educadas em casa

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

STFUm julgamento marcado para o próximo dia 30 no Supremo Tribunal Federal (STF) está opondo pais de alunos e órgãos públicos. A controvérsia envolve a possibilidade de os pais tirarem os filhos da escola para ensiná-los em casa, prática chamada de educação domiciliar.

Na Corte, os ministros vão decidir se essa forma de ensino, conhecida internacionalmente como “homeschooling” e mais comum nos Estados Unidos, passa pelo crivo da Constituição.

No artigo 205, a Carta trata a educação como um “direito de todos e dever do Estado e da família”, a ser “promovida e incentivada com a colaboração da sociedade”. O objetivo, segundo a Constituição, é o “pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”.

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Motociclista morre em acidente na Zona Sul de Natal

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

acidenteUm motociclista morreu depois de um acidente que aconteceu na noite deste sábado (11), na Avenida Engenheiro Roberto Freire, em Ponta Negra, Zona Sul de Natal. A colisão envolveu a moto em que guiada pela vítima e um carro.

De acordo com a polícia, o motociclista seguia no sentido Centro-Ponta Negra e o automóvel na pista oposta da via. Foi quando o motorista do carro fez um retorno e acertou a moto. O condutor da motocicleta, que estava sozinho, caiu, quebrou o pescoço e morreu na hora.

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Frente em Defesa da UERN vai sabatinar os candidatos a governador

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

A Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Uern realizará sabatinas com candidatos ao Governo do Estado, a partir do próximo dia 20, no plenário da Câmara Municipal de Mossoró. O eixo central será “UERN: educação e desenvolvimento”, e cada candidato responderá perguntas de reapresentantes dos segmentos da universidade e entidades que compõe a organização.

Coordenador da Frente, o professor da Uern e vereador Francisco Carlos observa que as sabatinas se notabilizaram como momentos de discussão, nos quais os candidatos a cargos no Poder Executivo apresentam suas ideias e propostas à sociedade.

“Pensando assim, a Frente Parlamentar e Popular promoverá uma série de sabatinas com os candidatos ao Governo do Estado, para que possamos conhecer as suas proposições em relação à Universidade do Estado do Rio Grande do Norte”, justifica Francisco Carlos.

Seriedade

As sabatinas, segundo ele, serão pautadas pelos princípios da ética, decoro, respeito aos candidatos e às instituições signatárias da Frente Parlamentar e Popular e Popular em Defesa da Uern. E a comissão organizadora tomará medidas para garantir imparcialidade e ordem aos eventos, de maneira que os candidatos possam expor suas ideias com segurança e tranquilidade.

“O projeto das sabatinas visa tão somente conhecer, discutir e avaliar cada projeto político para o futuro da Uern e, dessa forma, qualificar o debate político sobre os rumos da universidade”, argumenta o professor.

Mobilização

A Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Uern é um movimento plural e suprapartidário, que começou a ser pensado em outubro de 2016, com o objetivo de apoiar as principais demandas propostas pelos segmentos universitários e contribuir para o fortalecimento da instituição.

É composta por representantes de todos os segmentos da universidade, além de membros das câmaras municipais de diversas cidades, Assembleia Legislativa, OAB, associações de classe, entidades culturais e religiosas, entre outras, todas elas comprometidas com a defesa e promoção da Uern.

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Geraldo Melo recebe apoios em Ceará-Mirim

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O ex-governador Geraldo Melo (PSDB), candidato ao Senado, visitou seu reduto Ceará-Mirim neste sábado (11).

Geraldo recebeu apoios do presidente da Câmara de Vereadores, Ronaldo Venâncio, vereadores Marquinhos e Irmão Carlos, o advogado Júlio César e o prefeito de Cruzeta empresário Sally, entre outros.

Geraldo também concedeu entrevista à rádio metropolitana 105 FM e lembrou emocionado do legado de obras executadas pela ex-prefeita Edinólia Melo no período em que ele era Senador de República.

“É uma emoção grande voltar aqui, lembrar das nossas raízes e realizações. Aqui construí o Hospital Dr. Percílio quando era governador do Estado. E depois reformei e ampliei quando era senador trazendo inclusive o ministro da Saúde José Serra”, lembrou Geraldo. A obra da nova entrada da cidade também é outra lembrança marcante do ex-senador. “Foi uma das obras que mais nos orgulhou. A entrada nova na Luís Lopes Varela”, destacou, lembrando ainda de outros projetos e obras como as reformas dos três mercados públicos municipais, as obras de lagoas de captação e drenagem, a estação rodoviária.

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Prefeito pela sexta vez, Abelardo Rodrigues reúne grupo político em Alto do Rodrigues e anuncia apoio a Carlos Eduardo

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Depois de passar por Macau, onde recebeu o apoio de uma frente ampla à sua candidatura a governador, o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT) foi até Alto do Rodrigues.

Lá, recebeu o apoio do prefeito Abelardo Rodrigues (DEM), que está em seu sexto mandato, levando todo o seu grupo político ao projeto da coligação 100% RN.

“Capacidade de gestão é critério fundamental na hora de escolher o melhor para governar o RN”, disse Abelardo.

Em Alto do Rodrigues, Carlos Eduardo estava acompanhado do vice Kadu Ciarlini (PP), do candidato a senador Antônio Jácome (Pode) e do senador José Agripino (DEM), candidato a deputado federal também apoio por Abelardo.

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Fátima, Zenaide e Alexandre Motta participam de seminários em Mossoró e Caicó

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

As candidatas ao Governo e Senado, Fátima Bezerra (PT) e Zenaide Maia (PHS), juntamente com o também candidato ao Senado, Alexandre Motta (PT), estiveram neste sábado (12) participando de seminários em Mossoró e Caicó. O candidato a vice Antenor Roberto (PCdoB) também integrava a comitiva.

Em Mossoró, estavam o candidato a deputado federal Fernando Mineiro e os Estaduais Carlos Augusto Maia, Souza, Isolda e Eraldo.

Em Caicó, Fátima teve a companhia de Chico do PT, ex-prefeito de Parelhas e candidato a deputado estadual.

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Robinson vai a Baía Formosa e Canguaretama receber o apoio de vereadores

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O governador Robinson Faria (PSD) esteve neste sábado (11) nos municípios de Baía Formosa e Canguaretama.

Em Baía Formosa recebeu os apoios dos vereadores Airton Tanoeiro, Magno César, Alex do Sagi e Toninho.

Já em Canguaretama, também teve apoios recebidos dos vereadores Irmã Lila, Daniel da Saúde, Elves, Paulo Ricardo, Lécio Dias, Sandro Canoa e Adriana.

Powered by WPeMatico

domingo

12

agosto 2018

0

COMENTÁRIOS

Missa em homenagem a Aluízio Alves lota Igreja da Cidade da Esperança

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Familiares, amigos e políticos lotaram a Igreja de Nossa Senhora da Esperança na noite deste sábado (11) para a Missa em homenagem ao saudoso líder político Aluízio Alves, que teria completado 97 anos .

Dos familiares estavam, entre tantos, os filhos Henrique Eduardo e Aluízio Alves Filho, o sobrinho senador Garibaldi Filho, o vereador Felipe Alves e alguns dos netos. Carlos Eduardo, em agenda pelo interior, foi representado pela esposa, Andrea Ramalho.

Da classe política, compareceram o prefeito Álvaro Dias (MDB) e o filho candidato a deputado Adjuto Dias (MDB), o deputado estadual Tomba Faria (PSDB) e o ex-deputado Elias Fernandes.

Powered by WPeMatico