Diário: 14/09/2018

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Em Natal, Alckmin visita Hospital da Liga contra o Câncer, Fábrica Guararapes e se reúne com aliados

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O candidato a presidente da República, Geraldo Alckmin, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), cumpriu agenda nesta sexta-feira (14) em Natal.

Após visita à Liga Norte Riograndense Contra o Câncer, o presidenciável declarou em coletiva à imprensa que pretende como presidente reabrir quase 30 mil leitos de hospitais no Brasil.

Alckmin em Natal2

“Governar é escolher. Nós vamos cortar tudo que for supérfluo para investir naquilo que interessa ao povo brasileiro. Você tem 30 mil leitos no Brasil que estão fechados por falta de custeio. A primeira tarefa é botar para funcionar o que já existe e apoiar as boas entidades. Ser parceiro dessas boas entidades. Não são recursos bilionários frente ao orçamento do governo federal. E saúde gera muito emprego também.”, salientou o tucano.

Depois da visita ao hospital da Liga, o tucano Geraldo Alckmin fez uma visita à fábrica Guararapes Confecções S/A onde foi recebido pelo empresário Nevaldo Rocha.

Em Natal, a agenda de Alckmin foi acompanhada pelo presidente do PSDB no Estado, o presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira; pelo deputado federal Rogério Marinho (PSDB); pelo candidato ao Senado, Geraldo Melo (PSDB) e ainda pelos deputados estaduais do partido: Márcia Maia, Larissa Rosado e José Dias, além do senador José Agripino (DEM), candidato a deputado federal e aliado de Alckmin.

IMG_3442

IMG_3441

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Bolsonaro segue estável na UTI

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Da Agência Brasil

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em condições clínicas estáveis e sem complicações pós-operatórias, segundo o boletim médico divulgado hoje (14) pelo Hospital Albert Einstein.

De acordo com o boletim, Bolsonaro reiniciará hoje fisioterapia, com caminhada e exercícios respiratórios. O presidenciável segue recebendo analgésicos para controle da dor, está sem febre e sem outros sinais de infecção, com jejum oral e alimentação parenteral exclusiva.

Histórico

No último dia 6, o candidato a presidente levou uma facada na região abdominal durante atividade de campanha nas ruas de Juiz de Fora (MG). Ele foi atendido na Santa Casa da cidade onde passou por cirurgia.

Na sexta-feira (7), o candidato foi transferido para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, a pedido da família.

Bolsonaro tinha recebido alta da UTI na última terça-feira (11), mas precisou passar por cirurgia de urgência na noite de quarta-feira (12), por ter apresentado distensão abdominal progressiva, sugerindo o diagnóstico de obstrução intestinal – diagnóstico confirmado por tomografia computadorizada.

Ele foi levado para a cirurgia de urgência onde foram desfeitas as aderências do intestino e liberado o ponto de obstrução. Os médicos cuidaram também de um extravasamento de secreção intestinal em uma das suturas realizadas anteriormente para correção dos ferimentos intestinais.

Powered by WPeMatico

logo-radioserido3-1

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Operação do MPRN e da PM apreende adolescente envolvido na ocorrência que resultou na morte do filho de Benes Leocádio

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Uma operação do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – órgão do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) – apreendeu na manhã desta sexta-feira (14) o adolescente envolvido na ocorrência policial que resultou na morte do jovem Luiz Benes, filho do ex-prefeito de Lajes Benes Leocádio. Ele foi localizado na comunidade do Passo da Pátria, em Natal, e encaminhado ao Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Infrator (Ciad).

A apreensão foi concedida pela Justiça potiguar, atendendo ao pedido do MPRN que havia pleiteado a internação provisória do adolescente, pelo menos até o prazo somado de 45 dias até que seja expedida a sentença do processo, em virtude da abertura de novas vagas.

O pedido do MPRN baseou-se na abertura de 18 novas vagas no sistema socioeducativo, desinterditadas pela Justiça de Parnamirim e de Mossoró. Dessa forma, a decisão que soltou o adolescente na quarta-feira (12) foi reformada. O MPRN argumentou que a sentença deveria ser reformada “em virtude dessas vagas surgidas, há local para internação do representado, que não merece ser remido no caso, mas internado, ao final do processo, por ter colaborado, mesmo que indiretamente com a morte da vítima”.

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Peregrinação prepara fiéis para a festa da padroeira de Natal

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

A partir da próxima segunda-feira, 17, mais de cem capelinhas com a imagem de Nossa Senhora da Apresentação vão visitar lares de fiéis e devotos, em preparação para a festa da padroeira da Arquidiocese e da cidade do Natal. A missa de envio das capelinhas acontecerá na Catedral Metropolitana, segunda-feira, às 19 horas, presidida pelo Padre Edmilson, da Comunidade Canção Nova.

A peregrinação das capelinhas acontece no período de 17 de setembro a 9 de novembro. No mesmo período, uma imagem da padroeira também peregrina por escolas, instituições governamentais e não governamentais.

A festa de Nossa Senhora da Apresentação será celebrada no período de 11 a 21 de novembro.

CARD Abertura Peregrinação

Powered by WPeMatico

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

ONU não autoriza eleições na Líbia em 10 de dezembro

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) rejeitou nesta quinta-feira (13) a data de 10 de dezembro para as eleições na Líbia cogitadas pelo governo da França. Além disso, o órgão prorrogou o mandato da missão no território líbio (UNSMIL) durante um ano.

A resolução, aprovada por unanimidade pelo Conselho de Segurança, foi elaborada pelo Reino Unido e apela à realização de eleições presidenciais e legislativas “o mais rapidamente possível, desde que as necessárias condições de segurança, técnicas, legislativas e políticas estejam presentes”.

Nos últimos dias, a França pediu para manter a votação em 10 de dezembro, mas enfrentou oposição dos Estados Unidos e outros países da União Europeia (UE), incluindo a Itália.    Durante uma reunião do Conselho, o governo de Emmanuel Macron ressaltou que considerava “essencial organizar as eleições no calendário acordado” no mês de maio.

Segundo o embaixador da França na ONU, François Delattre, “foi mais do que nunca essencial avançar na transição democrática na Líbia”.

O embaixador e vice-representante permanente dos Estados Unidos na ONU, Jonathan Cohen, por sua vez, já havia advertido que “a imposição de prazos falsos retornará contra os mesmos criadores e isso apenas levaria a novas divisões dentro de um país já profundamente dividido, não apenas no presente, mas também no futuro”.

Desde a queda do ditador Muammar Kadafi, em 2011, a Líbia enfrenta um cenário de instabilidade, mas a situação se agravou nas últimas semanas depois que uma milícia se levantou contra o governo de união nacional liderado pelo primeiro-ministro Fayez al-Sarraj, atualmente reconhecido pelo comunidade internacional.

A Itália tenta ser protagonista do processo de estabilização, inclusive anunciou que fará uma conferência internacional sobre a crise na Líbia, na primeira quinzena de novembro, na Sicília. (ANSA)

 

 

Powered by WPeMatico

_banner-fabricio-otica

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Especialização em Tecnologias Educacionais realiza aula inaugural

Por , Em Notícias

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Aula inaugural especialização Foto

A Especialização em Tecnologias Educacionais da Rede e-Tec Brasil na UFRN, ofertada pela Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) com apoio do Instituto Metrópole Digital (IMD), realizou nesta quarta-feira (12) sua aula inaugural.

O evento aconteceu na direção da EAJ, contou com a presença de professores e alunos da pós-graduação e foi transmitido ao vivo pela internet (está disponível em www.youtube.com/eteceaj). O curso é a primeira especialização lato sensu da EAJ a distância com encontros presenciais.

O professor Ivonildo Rêgo, diretor do IMD, proferiu uma palestra sobre as Tecnologias na Educação e a atuação do Instituto. Ele destacou a Quarta Revolução Industrial e a importância da Tecnologia da Informação no desenvolvimento socioeconômico do Rio Grande do Norte.

O coordenador geral da Rede e-Tec Brasil na UFRN, professor Max Lacerda historiou a atuação do programa na Instituição. Com reconhecimento nacional, o e-Tec da UFRN é referência na gestão e na atuação da educação profissional a distância.

“Constatamos que seria necessário um espaço apropriado para registar e analisar nossas práticas. A pós-graduação é o ambiente ideal para produzirmos conhecimento na área, a partir de então trabalhamos no desenvolvimento da Especialização”, contou o coordenador.

O diretor da EAJ, professor Julio César de Andrade, destacou o crescimento da Escola, que começou com um curso técnico e hoje se destaca até na pós-graduação. “É um momento muito gratificante pelo patamar que a EAJ alcançou, graças ao trabalho de muitos profissionais qualificados e dedicados”, pontuou.

A coordenadora da Especialização, professora Adja Ferreira, apresentou os objetivos gerais do curso, o corpo docente – formado por especialistas, mestres e doutores, o perfil dos alunos (por município de origem e por formação) e falou sobre rendimento acadêmico.

banner_seridopneus-770

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Brasil tem pequena melhora no IDH, mas segue estagnado no 79°lugar em ranking global

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O Brasil ficou estagnado no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) divulgado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) nesta sexta-feira (14). É o terceiro ano seguido que o país mantém a 79ª posição no levantamento, que analisou 189 países. A situação é pior quando se fala, exclusivamente, de desigualdade: o Brasil cai 17 posições (veja detalhes mais abaixo).

Medido anualmente pelo Pnud, o IDH vai de 0 a 1 – quanto maior, mais desenvolvido o país – e tem como base indicadores de saúde, educação e renda. Neste ano, o Brasil alcançou o IDH de 0,759, com uma pequena melhora em relação ao ano passado, de 0,001.

Na classificação da ONU, o Brasil segue no grupo dos que têm “alto” desenvolvimento humano. A escala classifica os países analisados com IDH “muito alto”, “alto”, “médio” e “baixo”.

Ranking de desenvolvimento humano — Foto: Alexandre Mauro Ranking de desenvolvimento humano — Foto: Alexandre Mauro

Ranking de desenvolvimento humano — Foto: Alexandre Mauro

Oslo, na Noruega, país que aparece no topo do ranking de IDH — Foto: Nancy Bundt/www.visitnorway.com Oslo, na Noruega, país que aparece no topo do ranking de IDH — Foto: Nancy Bundt/www.visitnorway.com

Oslo, na Noruega, país que aparece no topo do ranking de IDH — Foto: Nancy Bundt/www.visitnorway.com

Expectativa de vida, escolaridade e renda

A melhora no IDH brasileiro é percebida nos índices de saúde e renda. Já os números que dizem respeito à educação se mantiveram os mesmos. Desde 2015, o país está parado no levantamento que mede a expectativa dos anos de escolaridade dos cidadãos (15,4). A média de anos de estudo do brasileiro também é a mesma de 2016 (7,8).

A “média de anos de estudo” representa o tempo de educação que pessoas de 25 anos ou mais têm no país – isto é, um indicador que é mais impactado pelas gerações anteriores. Já os “anos esperados de escolaridade” indicam a expectativa de estudo de uma criança que ingressa hoje no sistema de ensino. Ou seja, o brasileiro que se matricula atualmente numa escola deverá estudar, em média, 15,4 anos.

Outro item analisado para o levantamento do IDH é a esperança de vida ao nascer. A expectativa de vida dos brasileiros passou de 75,5 anos, em 2016, para 75,7.

A renda nacional bruta (RNB), dimensionada em dólares, teve um salto de US$ 13.730 para US$ 13.755. O número, porém, ainda não alcançou o valor de 2015, quando a RNB era de US$ 14.350.

Evolução do Brasil no IDH — Foto: Infografia: Alexandre Mauro Evolução do Brasil no IDH — Foto: Infografia: Alexandre Mauro

Evolução do Brasil no IDH — Foto: Infografia: Alexandre Mauro

Desigualdades

O Pnud também avaliou, em 151 países, o IDH “ajustado às desigualdades”. Este índice mede a perda do desenvolvimento humano devido à distribuição desigual dos ganhos do IDH.

Quando esse índice é avaliado, o Brasil perde 17 posições no ranking mundial e despenca de 0,759 para 0,578- – este índice, por si só, colocaria o Brasil na categoria de “médio” desenvolvimento. Isso representa uma queda de 23,9% do IDH. Entre os países da América do Sul, o Brasil é o terceiro país que mais perde percentualmente neste índice, atrás do Paraguai (25,5%) e da Bolívia (25,8%).

O Pnud estabelece um índice separado para três dimensões de desigualdade nos países. No caso do Brasil, o pior índice fica com a má distribuição de renda (0,471), seguida da desigualdade na educação (0,535) e na expectativa de vida (0,765).

Os cinco primeiros países com desenvolvimento humano classificado como “muito alto” também perdem posições no IDH quando são avaliadas as desigualdades – Noruega (-1), Suíça (-2), Austrália (-4), Irlanda (-7) e Alemanha (-2).

Desigualdade social prejudica desempenho do Brasil em ranking da ONU — Foto: Getty Images

Desigualdade social prejudica desempenho do Brasil em ranking da ONU — Foto: Getty Images

América do Sul e Brics

O Brasil tem o 5º melhor IDH entre os países da América do Sul, atrás de Chile (0,843), Argentina (0,825), Uruguai (0,804) e Venezuela (0,761).

Se comparado aos países que fazem parte do Mercosul, o Brasil só fica na frente do Paraguai (0,702), na 110º posição do ranking mundial.

Na comparação com os países do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), o Brasil tem um IDH menor que o da Rússia (0,816), que está na 49º lugar no ranking.

A China vem atrás (IDH 0,502, excluída Hong Kong) na 86ª posição, seguida pela África do Sul (0,618), em 113º lugar e, por fim, Índia (0,427), na 130ª colocação.

Gênero

Protesto de mulheres em São Paulo, em 2017 — Foto: G1

Protesto de mulheres em São Paulo, em 2017 — Foto: G1

O Pnud faz dois levantamentos para avaliar as disparidades e desigualdades entre homem e mulher.

O Índice de Desenvolvimento de Gênero, que traz os mesmos indicadores do IDH com separação por sexo em 164 países, mostra que as brasileiras estão melhores na maioria dos indicadores no que diz respeito à saúde e ao estudo. O grande gargalo, porém, é a renda nacional bruta per capita comparada a dos homens.

Apesar de as mulheres terem mais anos esperados de escolaridade (15,9 frente a 14,9 dos homens) e maior média de anos de estudo (8 anos contra 7,7 nos homens), a renda nacional bruta per capita da mulher é 42,7% menor que a do homem. Em dólares, este valor equivale a US$ 10.073 contra US$ 17.566 para os homens.

No Índice de Desenvolvimento de Gênero, os países são divididos em grupos de 1 a 5 – sendo este último o de maior desenvolvimento. Como as mulheres têm números mais altos em quase todos os indicadores, o Brasil é avaliado na melhor categoria, a do grupo 1.

Porém, o Índice de Desigualdade de Gênero, calculado em 160 países e focado na situação da mulher no país, mostra o Brasil na 94ª posição. O índice, neste caso, é de 0,407 numa escala de 0 a 1 – ao contrário do IDH, porém, o país está melhor posicionado quanto mais próximo do zero.
O prédio do Congresso Nacional — Foto: Luis Rodnei/TV Globo

O prédio do Congresso Nacional — Foto: Luis Rodnei/TV Globo

Aqui, o Pnud destaca que as brasileiras ocupam 11,3% das cadeiras do Congresso Nacional. O resultado é o pior da América do Sul e o terceiro pior da América Latina, atrás somente de Belize (11,1%) e das Ilhas Marshall (9,1%). Além disto, este indicador é ainda pior que o do país com o menor IDH do mundo, o Níger (17%).

Outro indicador do Pnud mostra que uma mulher brasileira gasta em média 4,3 vezes mais do seu tempo em trabalhos domésticos e de cuidados do que os homens. Cerca de 13,3% do tempo delas é dedicado a esta atividade não remunerada, enquanto os homens gastam cerca de 3,1% do tempo deles.

Essa comparação é maior do que em países vizinhos, como o Chile (onde as mulheres gastam 2,2 vezes mais do seu tempo nessas tarefas do que os homens), Argentina (2,5), Uruguai (2,4) e Paraguai (3,4).

Powered by WPeMatico

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Polícia investiga 40 mil dados de celulares no caso Marielle Franco

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

A morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, em 14 de março passado, ainda é um mistério para a Polícia Civil do Rio de Janeiro. Passados exatos seis meses do crime, a Divisão de Homicídios teve o efetivo de policiais envolvidos nas investigações reduzido em comparação ao início dos trabalhos no caso. Nos primeiros dias teve 30 agentes, passou a dez e, há 14 dias, voltou a ter 20 investigadores, de acordo com informações obtidas pelo G1.

Alguns foram deslocados para outras atividades na própria DH ou em missões na Polícia Civil, todos a pedido da administração da própria corporação.

Além da falta de efetivo, a Polícia Civil está em meio a uma análise que envolve, no mínimo, 40 mil páginas de dados de telefones celulares. Ao pedir informações em concessionárias telefônicas, a polícia recebeu uma quantidade imensa de mensagens trocadas naquela região do crime e poucas de voz. O cruzamento de informações busca saber se esses telefones aparecem em outros pontos da cidade no dia do assassinato de Marielle e de Anderson.

Um policial ouvido pelo G1 explicou que, há sete anos (em 2011), quando a DH investigou o assassinato da juíza Patrícia Acioli, o volume de ligações era bem maior do que a troca de mensagens de textos. Hoje, segundo ele, esse fluxo de informações inverteu, o que dificulta a apuração.

Nem a delação de um suposto envolvido com o crime clareou as investigações. As autoridades reclamam que o vazamento do depoimento “atrapalhou e até pode ter desaparecido com provas do assassinato”. De acordo com o depoimento, o vereador Marcelo Siciliano teria planejado a morte de Marielle que foi executada a mando do miliciano Orlando de Oliveira Araújo, o Orlando da Curicica.

Desde o dia do crime até esta quinta-feira (13), o Disque-denúncia recebeu 190 denúncias sobre o caso. De acordo com os investigadores, as informações indicam linhas de investigação mas não levaram a provas para o crime.

“Certamente há alguma pista importante nas denúncias recebidas, mas faltam mais informações para apontá-la. Se um dia o crime for esclarecido, a informação vai parecer evidente”, comentou Zeca Borges, coordenador do Disque-denúncia.

Sigilo quebrado revelou outro crime

Na tentativa de confirmar essa linha de investigação, a DH pediu e obteve da Justiça a “quebra” do sigilo do telefone que Orlando usava na cadeia. A investigação levou a polícia a descobrir que os milicianos presos em uma galeria do presídio Bandeira Stampa arrumavam e dividiam o celular entre eles.

A polícia descobriu que um dos integrantes do grupo, Diogo Maia dos Santos, o DG da Boiúna, ordenou por R$ 3 mil a morte de Carlos Alexandre Pereira, em 9 de abril deste ano. Apesar de Orlando também usar o telefone, a polícia não comprovou o envolvimento dele neste crime. Logo depois da descoberta, Orlando foi transferido para o Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

O vereador contratou uma agência formada por policiais civis para investigarem o crime. O grupo apontou um novo caminho para o caso: o envolvimento de um político influente na Zona Oeste do RJ, ex-deputado estadual, que teria contratado o que vem sendo chamado de “escritório do crime” e seria responsável por uma série de mortes no RJ.

As provas foram levadas pela defesa do vereador para o inquérito e ganharam força entre promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro junto com a promotora Letícia Emily, que assumiu o caso no início deste mês de setembro.

Apesar das duas linhas de investigação, do miliciano e do escritório do crime, a polícia ainda não obteve provas conclusivas sobre nenhuma delas.

Em nota, o Gabinete de Intervenção Federal e a Polícia Civil afirmaram que “as investigações prosseguem sob sigilo a fim de que possam ser obtidas as provas necessárias à elucidação do crime”.

Orlando Curicica e Marcelo Siciliano negam as acusações.

‘Barbárie’ de 14 de março

Seis meses depois do duplo homicídio, naquela noite de quarta-feira no Estácio, Mônica Benício, companheira da vereadora por 14 anos, mostra um desenho na pele. É uma tatuagem em homenagem a Marielle Francisco da Silva, feita no dia do aniversário da vereadora: 27 de julho. Em 2018, ela completaria 39 anos.

“Marielle levava aniversário muito a sério. Então foi uma forma de homenagear e também de, às vezes, me sentir num processo meio solitário, me lembrar que eu não estou sozinha”, diz Mônica, resumindo o sentimento que passa por sua mente e corpo todo dia pela manhã e à noite, além de quando olha de novo para o desenho em seu antebraço: “Saudade”.

Para Agatha Reis, mãe de Arthur, de 2 anos, a ausência de Anderson Pedro Gomes se refletiu na própria casa em Inhaúma, na Zona Norte do Rio. Ela voltou há apenas duas semanas para o apartamento onde morava com o motorista do carro de Marielle na noite do crime.

“Tem horas que parece que não aconteceu nada e que parece que ele vai chegar em casa. Eu não tenho mais o companheiro que eu tinha. É muito complicado você ter que mudar sua vida toda de uma hora para outra”, lamenta.

Urbanista e ativista política, Mônica diz que seus projetos pessoais foram paralisados com um único objetivo: chamar atenção para que o caso de Marielle e Anderson não caia no esquecimento. Apesar de afirmar que o delegado responsável pela investigação, Giniton Lages, é “muito sério”, Mônica diz que é angustiante chegar a seis meses sem respostas sobre o crime.

“A gente está há seis meses de um crime bárbaro que foi um atentado à democracia, sem nenhum resultado. Eu hoje faço muitas viagens internacionais e tenho que responder com muita vergonha de que não sei nada a respeito das investigações, e de que não vejo avanços nas investigações”, afirmou ela, durante entrevista realizada na Câmara de Vereadores na quarta-feira (12).

Agatha concorda. “ Essa data (seis meses ) é um marco também da falta de resposta. Se já tivessem descoberto alguma coisa bem relevante, quem mandou matar, e o motivo, acho que as coisas estariam um pouco mais amenas”, avalia.

Mônica tratou duas vezes o crime como “a barbárie de 14 de março”. Uma delas foi ao falar sobre o legado que Marielle Franco deixa para a política do Rio, com mulheres negras se colocando na disputa por vagas em diversos cargos. O temor de que menos mulheres com o perfil de Marielle tentassem entrada na política após o crime não se confirmou, diz ela.

“Para mim, esse é o legado de Marielle, ele é construído por todas as mulheres que se levantam de manhã e lutam contra o machismo, lutam contra a sociedade patriarcal, contra a LGBTfobia, contra o racismo. Esse é o legado de Marielle, essa força que ela continuou deixando e que mesmo após a barbárie do 14 de março, continua nos movendo para continuar levando essa luta. ”, afirmou ela.

Para a viúva de Anderson, a noite da morte guarda um arrependimento. Com exames do filho que foi diagnosticado com uma má formação congênita da parede abdominal e após um dia péssimo no trabalho, ela pensou em pedir para que o marido voltasse para casa antes do fim do evento na casa das Pretas, na Lapa, de onde Marielle e Anderson saíram naquela noite.

“Eu queria muito que o Anderson viesse pra casa. Mas eu não cheguei a pedir a ele. Me arrependo de não ter pedido, embora eu tenha certeza de que ele não faria isso, porque ele levava o trabalho muito a sério. Mas sei lá, vai que ele me atendia nesse dia?”, imagina ela.

*Colaborou Lívia Torres

G1

 

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Flamengo se reapresenta e vive incertezas para clássico

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Um dia depois do empate por 0 a 0 com o Corinthians, no Maracanã, pela ida das semifinais da Copa do Brasil, o Flamengo se reapresentou nesta quinta-feira no Ninho do Urubu já com a cabeça em outro compromisso importante. No sábado, a equipe fará um clássico com o Vasco, em Brasília, pela 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Nesta primeira atividade visando a partida, foram a campo somente os reservas para uma atividade em campo reduzido. Os titulares ficaram na parte interna do CT e realizaram um treino regenerativo.

Pelo curto tempo de preparação para o clássico e pelo desgaste de algumas peças, o clima é de incerteza. Nomes como o volante Cuéllar e o meia Lucas Paquetá, que atuaram na terça-feira por suas seleções e na quarta contra o Corinthians, podem ser poupados.

Outras mudanças podem acontecer por opção do técnico Maurício Barbieri. Com dificuldades para encontrar um centroavante, o treinador viu Uribe ser bastante discreto na quarta, assim como Henrique Dourado vinha sendo. Um dos destaques do treino desta quinta, o jovem Lincoln pode ganhar espaço.

Barbieri, no entanto, não deve mexer em muitas peças da equipe. Afinal, depois do clássico com o Vasco, o Flamengo terá semana livre. O jogo de volta diante do Corinthians, em São Paulo, vai acontecer somente no próximo dia 26. Com informações do Estadão Conteúdo.

Powered by WPeMatico

_banner-fabricio-otica

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Na UTI, Bolsonaro reinicia fisioterapia nesta sexta, diz novo boletim

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, divulgou na manhã desta sexta-feira (14) um novo boletim médico sobre Jair Bolsonaro.

De acordo com o documento, o candidato do PSL à Presidência da República “permance na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em condições estáveis e sem complicações no período pós-operatório”. Ele continua em “jejum oral” (alimentação por sonda) e reiniciará fisioterapia (caminhada e exercícios respiratórios) ainda hoje.

O capitão reformado também não apresenta outros sinais de infecção. Ele continuará recebendo analgésicos para controle da dor e febre.

Bolsonaro foi esfaqueado no último dia 6 de setembro, durante um ato de campanha pelas ruas da cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais. Com perfurações nos órgãos abdominais, ele foi operado no dia do ataque e passou por um segundo procedimento cirúrgico na terça-feira (11).

Powered by WPeMatico

logo-radioserido3-1

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Jardim do Seridó será o primeiro Município do Seridó a criar uma comissão para gerir o Plano de Gestão Ambiental

Por , Em Notícias

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

IMG_0686

Como forma de contribuir para o fortalecimento das estruturas de gestão ambiental do Município de Jardim do Seridó, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA), em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e pesca, realizou, nesta quinta-feira, 13, uma importante reunião na Câmara Municipal.

O momento reuniu representantes da iniciativa privada, pública e civil, que discutiram alternativas para fortalecer as estruturas de gestão ambiental, consolidando suas potencialidades,  estando aptos, para realizarem atividades de conservação e educação ambiental.

Ao final, foi criada uma comissão que irá gerir o Plano Municipal de Gestão Ambiental.

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Secretária de Segurança do RN afirma que áudio em apoio a Fátima é sim de chefe de facção criminosa e não se trata de Fake News

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O polêmico áudio que circula nas redes sociais atribuído a um chefe de facção criminosa declarando apoio a candidata Fátima Bezerra (PT) continua repercutindo.

Primeiro, o governador Robinson Faria (PSD) afirmou em entrevista ao RN TV que o chefe do Sindicato do Crime do RN anunciou apoio a Fátima.

A campanha da candidata emitiu nota repudiando a afirmação de Robinson, dizendo se tratar de Fake News e decidiu até interpelar judicialmente o governador.

Ontem (13), em entrevista ao Jornal da Noite na 95 FM, a Secretária de Segurança Pública do RN voltou a falar sobre o assunto e afirmou que o áudio em apoio a Fátima é sim de um chefe de facção criminosa.

Powered by WPeMatico

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

MP questiona operação Natal Segura e apura uso de policiais como prática político-eleitoral, diz G1RN

Por , Em Fonte Heitor Gregório

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Do G1 RN

A partir desta sexta-feira (14), policiais civis e militares, com o apoio de policiais rodoviários federais, devem montar barreiras de fiscalização nas entradas e saídas de Natal. A ação, batizada de ‘Natal Segura’, foi lançada na tarde desta quinta-feira (13) durante coletiva com as cúpulas da Secretaria de Segurança Pública (Sesed) e das forças policiais do estado. Agora, o Ministério Público está questionando a eficiência e finalidade da operação.

Na portaria, o promotor de Justiça Wendell Beetoven Ribeiro Agra, titular do Contole Externo da Atividade Policial e Tutela do Sistema Penitenciário, quer saber por quais razões essa operação foi implantada somente agora, em pleno período eleitoral, ressaltando que o chefe do Poder Executivo estadual é candidato à reeleição.

O objetivo, ainda de acordo com o promotor, é apurar, em caráter preliminar, possível desvio de finalidade no emprego de efetivos e equipamentos das Polícias Militar e Civil na realização da operação, “em pleno período eleitoral, no qual o chefe do Poder Executivo estadual é candidato à reeleição, inclusive com ampla divulgação nos meios de comunicação, o que, apesar da importância das ações policiais de prevenção e de repressão à criminalidade, pode comprometer a sua eficiência e, ainda, ser eventualmente explorado sob o viés político-eleitoral, o que, em tese, violaria os princípios regentes da administração pública, em especial os da eficiência, da moralidade e da impessoalidade”.

Em portaria, publicada à noite, o promotor dá 10 dias úteis para que a Sesed envie à 19ª Promotoria de Justiça uma cópia do planejamento operacional da operação Natal Segura especificando os seguintes pontos

a) Os efetivos e equipamentos empregados;

b) A previsão de recursos financeiros a serem gastos, inclusive com diárias operacionais;

c) Esclarecer quando iniciou o planejamento da operação, informando o cronograma de ações e remetendo cópia de documentos que possam provar que a mesma não foi antecipada ou postergada para atender a hipotético interesse político-eleitoral.

Beetoven também quer que o diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte, no prazo de 10 dias úteis, informe qual a participação do Detran na operação, esclarecendo se foi formalizado algum instrumento de convênio específico, remetendo cópia em caso positivo;

Por fim, o promotor ainda encaminhou cópia da portaria à Procuradoria Regional Eleitoral, para as providências que entender cabíveis na seara eleitoral.

‘Natal Segura’

A operação Natal Segura é feita com barreiras policiais fixas 24 horas nas saídas da capital, para abordagem de carros de passeio, veículos de grande porte e motocicletas.

De acordo com a Sesed, a operação foi planejada pelo setor de inteligência das polícias e faz parte de um conjunto de medidas que visam a reduzir os índices de violência, bem como intensificar o combate às facções criminosas.

A secretaria afirma também que a operação estava prevista inicialmente para outubro, mas foi antecipada devido à fuga de mais de 100 detentos do sistema prisional da Paraíba. “Por Natal ter sido identificada pela inteligência da polícia como um possível alvo dos fugitivos”, alega a pasta.

Outro fator que ensejou a antecipação da operação, ainda segundo a Sesed, foi o aumento da criminalidade nos estados vizinhos, Ceará e Paraíba.

“Com a operação, o bandido pode até entrar, mas vai ter muita dificuldade pra sair da cidade, e com isso vamos reduzir ainda mais os índices de roubo, que já caíram mais de 20% este ano, após o Ronda Integrada”, argumenta a secretária de Segurança, Sheila Freitas.

Powered by WPeMatico

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

IPHAN produz documentários com violeiros da região do Seridó

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

violeirosO Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN está em fase de produção de dois documentários que vão retratar a arte da cantoria de viola no Nordeste. A região do Seridó está incluída no roteiro dos técnicos do instituto e nesta sexta-feira foram colhidos depoimentos dos profissionais da viola no município de Caicó.

Com mais de 50 anos no ar, transmitido pela Rádio Rural de Caicó, o programa Violeiros do Seridó também chamou a atenção dos técnicos e terá espaço nos documentários. O objetivo central do projeto é o reconhecimento da arte da cantoria como patrimônio cultural do Brasil, através do IPHAN.

De acordo com o Professor Dr. João Miguel Sautchuk, “Queremos levar para o IPHAN informações sobre o que é a cantoria, como é em cada região, justificar o porquê a cantoria deve ser reconhecida como patrimônio cultural e mostrar que é uma arte muito rica e diversificada. Caicó com certeza tem muitas contribuições a dar para a nossa pesquisa”, destacou ele.

Powered by WPeMatico

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Filho diz que o quadro de saúde de Bolsonaro é “muito grave”

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

bolsonaroO deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) disse ontem (13) que o quadro de saúde de seu pai, o candidato à Presidência da República pelo PSL Jair Bolsonaro, ainda é “muito grave”, embora estável. Segundo ele, a maior preocupação é com o risco de infecções, já que a cirurgia realizada na noite de ontem foi “bastante invasiva”.

Flávio Bolsonaro concedeu entrevista à rádio 97,1 FM do Rio de Janeiro e falou por quase duas horas. “Está difícil para a gente da família fazer campanha porque a cada momento há um fato novo”, disse. “Por causa de um atentado contra o meu pai, a gente tem de se readaptar.”

O deputado estadual, que concorre nestas eleições a uma vaga no Senado, relatou que Bolsonaro passou a quarta-feira (12) com queixas de mal-estar, náuseas e soluços, por isso os médicos o submeteram a novos exames e depois decidiram pela realização da cirurgia, na noite de ontem.

Powered by WPeMatico

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Ação no TRE pede cassação de candidatura de Robinson Faria ao governo

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

robinsonO Tribunal Regional do Estado (TRE/RN) vai julgar uma ação de investigação judicial eleitoral contra o governador Robinson Faria (PSD), candidato à reeleição. A ação é movida pelo diretório estadual do PSOL e acusa o governador, bem como seu companheiro de chapa, Tião Couto (PR), por abuso de poder econômico. O fator que motiva o pedido de investigação é a inauguração do inacabado Complexo Viário da Redinha, em Natal. O caso pode levar à cassação da candidatura da chapa encabeçada por Robinson, caso o TRE atenda à solicitação do PSOL.

Segundo a peça formulada pelos advogados do PSOL, Kennedy Diógenes e Sanderson Mafra, o governador Robinson Faria cometeu abuso de poder político ao inaugurar, em 5 de julho passado, o complexo viário da Redinha, uma obra que está apenas parcialmente finalizada. Das três etapas do projeto, apenas uma está pronta: a construção do viaduto, com a liberação inicial do trecho da avenida Conselheiro Tristão. Ficaram faltando as outras duas etapas: a ligação do acesso a Genipabu até a avenida Tocantínea, devidamente asfaltada e sinalizada, e a ligação da avenida Tocantínea, passando pela avenida Rio Doce, seguindo na avenida das Fronteiras, até o acesso à BR-101, igualmente com vias asfaltadas e sinalizadas.

A ação de investigação judicial eleitoral relata ainda que a decisão de liberar a obra sem concluí-la gerou prejuízos imediatos para a população. Após a inauguração, houve ocorrência de acidentes automobilísticos, alagamentos de vias e danos a veículos, já que ainda não havia sinalização, drenagem e recapeamento das vias que compõem o entorno do Complexo Viário da Redinha.

Powered by WPeMatico

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Seis meses após assassinatos, caso Marielle aguarda solução

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

marieleO assassinato da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL), 38 anos, e do motorista Anderson Pedro Gomes, 39 anos, completa hoje (14) seis meses. O crime ainda aguarda solução. As autoridades federais afirmam que até o fim deste ano as respostas virão.

Para a viúva de Marielle, Mônica Benício, parentes, amigos e ativistas, a vereadora e o motorista foram executados. Independentemente das investigações, eles preservam as bandeiras de Marielle e suas propostas em defesa de ações para a inclusão das mulheres, negros e do público LGBT.

Powered by WPeMatico

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Secretaria de Saúde promove treinamento em Caicó para testes rápidos

Por , Em Notícias

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

A Secretaria Municipal de Saúde de Caicó, em parceria com o SAE e o NASF, está promovendo para os profissionais da rede de atenção à saúde treinamento teórico-prático em testes rápidos. O objetivo é capacitar os profissionais para a realização dessa modalidade de exame, contribuindo para o diagnóstico e tratamento precoce das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

Segundo a pasta, a capacitação foi iniciada no na quarta-feira (12) e segue até essa sexta-feira (14). O público-alvo são os profissionais da Atenção Básica, Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), Hospital do Seridó e Central de Regulação. E dentre os participantes estão enfermeiros, odontólogos e técnicos de enfermagem.

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Bandido morre em confronto com policiais durante operação em São Gonçalo do Amarante

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Um bandido morreu na manhã desta sexta-feira (14) ao trocar tiros com policiais durante uma operação na cidade de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Pelo menos outros seis suspeitos foram detidos em cumprimento a mandados de prisão, busca e apreensão.

Segundo o delegado Luciano Augusto, titular da DP de São Gonçalo do Amarante, a operação foi realizada em combate a crimes de tráfico de entorpecentes, homicídios e assaltos na região. Além dos presos, drogas e armas foram apreendidas. O morto ainda não foi oficialmente identificado.

Powered by WPeMatico

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

MP questiona operação Natal Segura e apura uso de policiais como prática político-eleitoral

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

A partir desta sexta-feira (14), policiais civis e militares, com o apoio de policiais rodoviários federais, devem montar barreiras de fiscalização nas entradas e saídas de Natal. A ação, batizada de ‘Natal Segura’, foi lançada na tarde desta quinta-feira (13) durante coletiva com as cúpulas da Secretaria de Segurança Pública (Sesed) e das forças policiais do estado. Agora, o Ministério Público está questionando a eficiência e finalidade da operação.

Na portaria, o promotor de Justiça Wendell Beetoven Ribeiro Agra, titular do Contole Externo da Atividade Policial e Tutela do Sistema Penitenciário, quer saber por quais razões essa operação foi implantada somente agora, em pleno período eleitoral, ressaltando que o chefe do Poder Executivo estadual é candidato à reeleição.

O objetivo, ainda de acordo com o promotor, é apurar, em caráter preliminar, possível desvio de finalidade no emprego de efetivos e equipamentos das Polícias Militar e Civil na realização da operação, “em pleno período eleitoral, no qual o chefe do Poder Executivo estadual é candidato à reeleição, inclusive com ampla divulgação nos meios de comunicação, o que, apesar da importância das ações policiais de prevenção e de repressão à criminalidade, pode comprometer a sua eficiência e, ainda, ser eventualmente explorado sob o viés político-eleitoral, o que, em tese, violaria os princípios regentes da administração pública, em especial os da eficiência, da moralidade e da impessoalidade”.

Powered by WPeMatico

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Justiça proíbe Governo do RN de fazer operações financeiras com antecipação de royalties

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

TJRN-750x500A Justiça proibiu o Governo do Rio Grande do Norte de fazer cessão de créditos ao Banco do Brasil que sejam decorrentes de royalties e participações especiais, relacionados à exploração de petróleo e gás natural. A proibição é válida até 31 de dezembro de 2019. Para o banco, Justiça determinou que também se abstenha de realizar essa operação de crédito.

A permissão havia sido dada ao Poder Executivo por uma lei aprovada na Assembleia Legislativa em junho, e o governo pretendia utilizar essa transação para pagamento da folha de pessoal. Na decisão, o Juízo da 5ª vara da Fazenda Pública da Natal ainda ordenou que, na hipótese de já ter sido realizado algum ato nesse sentido, ficam os seus efeitos suspensos, sem eficácia prática, até novo posicionamento judicial.

Powered by WPeMatico

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Servidores do Detran do Rio Grande do Norte entram em greve

Por , Em Notícias

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Os servidores do Detran/RN entraram em greve nas primeiras horas desta quarta-feira (12), de acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta (Sinai). De acordo com o sindicato, todos os serviços do Departamento de Trânsito estão sendo afetados pela paralisação. A direção do órgão recomenda a utilização do atendimento ao público na unidade do Natal Shopping.

“Mais de 90% dos trabalhadores aderiram ao movimento, apenas os que têm relação com a direção que não o zeram”, armou o diretor de Formação Política do Sinai e funcionário do Detran, Alexandre Guedes.

A categoria exige que o governo cumpra integralmente a lei do PCCR (Plano de Cargos, Carreira e Remuneração), bem como faça as devidas incorporações salariais, implante as promoções que deve e cumpra os processos já vencidos relativos aos aposentados do Órgão.

Em nota, o Detran informou que recebeu com “surpresa” a notícia da greve “já que foi realizada reunião da direção com representantes do Sinai, nesta terça-feira (11), quando os servidores aceitaram e ficam satisfeitos com o atendimento das reivindicações”

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Ex-governador Fernando Freire tem prisão preventiva substituída por três medidas cautelares

Por , Em Notícias

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Fernando Freire

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), substituiu por medidas cautelares a prisão preventiva decretada contra Fernando Freire, ex-governador do Rio Grande do Norte, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em decorrência da operação que desbaratou o esquema conhecido como “Máfia dos Combustíveis”. A liminar foi deferida no Habeas Corpus (HC) 161608.

Fernando Freire havia tido negado o direito de recorrer em liberdade em razão de ter sido fixado regime fechado para o cumprimento da pena imposta, de 19 anos, 11 meses e 9 dias de reclusão. O juízo da 4ª Vara Criminal de Natal também considerou que ele não comprovou que poderia ser localizado no endereço indicado nos autos e não fez qualquer comunicação sobre seu paradeiro, tendo sido dado como foragido em outro processo.

A defesa do ex-governador buscou a revogação da prisão preventiva junto ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN), mas a corte estadual negou o habeas corpus. Em seguida, os advogados interpuseram recurso ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), e ministro daquela corte indeferiu o pedido de liminar.

No habeas corpus ao Supremo, a defesa argumentou que o ex-governador é pessoa idônea, tem bons antecedentes, ocupação lícita e residência fixa, e que jamais esteve na condição de foragido, apenas mudou de endereço, tendo comparecido em juízo a todos os atos processuais requeridos durante a instrução deste processo. Informou que o principal argumento para justificar a prisão para garantia da aplicação da lei penal foi o fato de Freire não ter comparecido a ato processual referente a outro processo, no qual não houve restrição à liberdade, mas somente imposição de medidas cautelares diversas da prisão, definidas como suficientes para resguardar os interesses de aplicação da lei penal.

Em sua decisão, o ministro Gilmar Mendes considerou patente o constrangimento ilegal pelo fato de a justificação processual da prisão preventiva não ter sido baseada em fatos e provas produzidos licitamente no processo. “Mostra-se não razoável impor medida mais gravosa em processo distinto daquele em que houve o suposto ato de não comparecimento. Neste caso concreto, não houve a caracterização do paciente como foragido, ao passo que compareceu aos atos determinados e indicou devidamente o endereço para a sua localização”, observou.

O ministro deferiu liminar por meio da qual substitui a prisão preventiva do ex-governador pelas seguintes medidas cautelares, previstas no artigo 319 do Código de Processo Penal (CPP): comparecimento periódico em juízo, no prazo e nas condições fixadas pelo juiz de origem, para informar e justificar atividades; proibição de manter contato com os demais investigados, por qualquer meio; e proibição de deixar o País, devendo entregar passaporte em até 48 horas.

sexta-feira

14

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Prefeitura de Caicó fará cortes em gratificações para equilibrar folha de pessoal

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O prefeito de Caicó, Marcos José de Araújo, se reuniu com o secretariado, nesta quinta-feira (13), para discutir a redução de gastos do Município. Uma das principais metas da gestão é o realinhamento de gratificações acima do normal.

“Nossa meta principal é o pagamento de funcionários em dia devido, tendo em vista o caos financeiro que o Município se encontra. Fizemos um levantamento e há pessoas ganhando quase quatro mil reais de gratificações, o que incha a máquina pública em quase 500 mi reais”, explicou o prefeito.

Powered by WPeMatico