sábado

7

dezembro 2019

0

COMENTÁRIOS

Água acumulada nas barragens do Rio Sabugi vem garantindo sobrevivência humana e animal

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

5428353c-a152-4409-89c4-cc9c274ec05fNa manhã desta sexta-feira (06) o 2º secretário do Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu e coordenador da comissão de acompanhamento de alocação de água do sistema hídrico Sabugi/ Carnaúba, José Procópio de Lucena esteve visitando nove barragens localizados no Rio Sabugi, dentro do planejamento de monitoramento que o CBH-PPA realiza das condições hidrológicas da calha do Rio.

Foram visitadas as barragens localizadas nos sítios Macambira, Santa Cruz, Cachoeira, Bom Jesus, Carrapateira, Vila 2 do Sabugi, além das do DNOCS, Lúcio Lucino, e da Família Sevi. Os reservatórios receberam água por um período de 27 dias entre agosto e setembro deste ano, do Açude Santo Antônio em São João do Sabugi, amenizando o sofrimento humano e animal de 150 famílias de agricultores, por causa da estiagem e baixo volume dos reservatórios.

De acordo com Procópio, a visita serviu para constatar a felicidade dos agricultores com a chegada das águas nas barragens, e a concordância de que a gestão adotada pelo sistema de recursos hídricos envolvendo Comissão de Alocação de Águas do Santo Antônio, Ana e comitê através de pulsos, ao invés de deixar a comporta aberta com uma vazão estabelecida!

“A quantidade de água que se encontra hoje nas barragens e calha do rio deu uma maior garantia hidrológica as aos agricultores para que mantenham seus plantios, uso para rebanho e doméstico até a próxima quadra invernosa”, explicou Procópio.

Powered by WPeMatico

happy wheels