quarta-feira

27

outubro 2021

0

COMENTÁRIOS

Após Bolsonaro associar vacina à Aids, presidente da Anvisa diz que imunizantes não aumentam riscos de doença

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, disse nesta quarta-feira (27), na abertura de uma reunião da diretoria da agência, que nenhuma vacina contra a Covid aumenta a “propensão de ter outras doenças”.

Barra Torres deu a declaração dias após o presidente Jair Bolsonaro, em uma live, ter disseminado a fake news de que tomar a vacina aumenta o risco de uma pessoa se infectar com o vírus da Aids. Ao refutar essa frase, o presidente da Anvisa não citou diretamente o nome de Bolsonaro.

“Nenhuma das vacinas está relacionada à geração de outras doenças. Nenhuma delas está relacionada ao aumento da propensão de ter outras doenças, doenças infectocontagiosas por exemplo. Vamos manter a tradição do nosso povo brasileiro de buscar e aderir ao PNI [Prrograma Nacional de Imunizações]”, afirmou Barra Torres.

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

happy wheels