sexta-feira

11

janeiro 2019

0

COMENTÁRIOS

Após polêmica com livros didáticos, presidente interino do FNDE é afastado

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Rogério Fernando Lot foi quem assinou a recente retificação no edital que permitiria comprar obras com erros e propagandas

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, exonerou nesta sexta-feira (11) dez pessoas que ocupavam cargos comissionados no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Entre os afastados estão o chefe de gabinete do órgão, Rogério Fernando Lot.

Lot assinou recentemente a alteração do edital que permitia que o Ministério da Educação adquirisse obras com erros de impressão e propagandas. A norma foi publicada no Diário Oficial da União do dia dois de janeiro e também retirava a exigência para as editoras de retratar a diversidade étnica e o compromisso com ações de não violência contra a mulher.

O MEC anulou o edital na última quarta-feira (9) e responsabilizou a gestão do ex-presidente Michel Temer pela alteração do documento. Rossieli Soares, ministro da Educação na época, negou a afirmação. Nesta quinta-feira (10), Vélez Rodríguez pediu a abertura de uma sindicância para apurar o caso.

O edital, cuja primeira versão foi publicada em março de 2018, contém diretrizes para aquisição de obras para o 6º e 9º anos do ensino fundamental de escolas públicas federais, estaduais, municipais e do Distrito Federal. A compra do material, que deve ser usado em 2020, é feita pelo Programa Nacional do Livro.

Reportagem, Paulo Henrique Gomes

 

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

happy wheels