sexta-feira

15

maio 2020

0

COMENTÁRIOS

Bolsonaro jogará assinatura de protocolo da cloroquina no colo de militar

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

BOLSONAROApós a saída de Nelson Teich do cargo de ministro da Saúde nesta sexta-feira (15/5), crescem as especulações sobre o novo nome que deve assumir o cargo. No entanto, o que se ouve nos bastidores é que não há pressa para definir um substituto já que a estratégia do presidente Jair Bolsonaro é justamente colocar no colo do secretário-executivo, general Eduardo Pazuello, que deve assumir interinamente o cargo, a responsabilidade de assinar o protocolo da cloroquina.

A assinatura deve sair ainda no começo da próxima semana. Médicos do próprio ministério da saúde que são favoráveis ao uso do medicamento, mesmo sem os comprovação científica da eficácia, já elaboram o texto em conformidade com a vontade de Bolsonaro. Caberá a Pazuello assiná-lo.

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

happy wheels