quarta-feira

16

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Delegado conclui investigação e denuncia dois pela morte de professor na Grande Natal

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

professor judsonA Polícia Civil concluiu nesta quarta-feira (16) o inquérito e indiciou dois suspeitos pela morte do professor de geografia Judson Rodrigues de Castro, de 33 anos, em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal. Os homens confessaram o crime e, segundo o delegado Donny Êxodo Lima Cavalcante, da 7ª Delegacia de Polícia, deverão responder por latrocínio e ocultação de cadáver. O caso foi remetido à Justiça.

Agora, caberá ao Ministério Público fazer a denúncia contra o professor de matemática Jefferson Andrielle Melo da Silva e João Vitor Fernandes da Silva. Segundo o delegado, eles confessaram que mataram o professor e tentaram vender o carro para repartir o dinheiro.

“Portanto, como os acusados tentaram se desfazer do veículo Celta com o intuito de repatir posteriormente o dinheiro da venda, nada resta senão admitir a existência de indícios veementes da conduta típica de CP, art. 157, §3º, II, c/c art. 211”, informou o delegado na conclusão do inquérito. Os artigos dizem respeito aos crimes de latrocínio e ocultação de cadáver.

O professor tinha sido visto pela última vez com vida na tarde da terça-feira 8 de maio e foi encontrado morto na tarde da quarta (9). O corpo estava enterrado no quintal da casa de um dos suspeitos, que mora em São Gonçalo do Amarante. A descoberta aconteceu por causa do carro da vítima, que foi achado pela polícia quando estava prestes a ser vendido por um corretor de veículos. Foi este homem quem revelou à polícia o nome de um homem que teria ficado encarregado de vender o automóvel.

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

happy wheels