quinta-feira

4

janeiro 2018

0

COMENTÁRIOS

Juiz de Brasília nega pedido da defesa de Maluf

Por , Em Fonte BG

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Paulo Maluf chega ao IML de São Paulo para fazer exame de corpo delito (Foto: Edilson Dantas / Agencia O Globo)

O juiz Vinícius Santos Silva, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, decidiu nesta quinta-feira (4) manter o prazo de dez dias para que o Instituto de Medicina Legal (IML) e a administração penitenciária de Brasília respondam às questões complementares relacionadas à saúde e às condições de permanência do deputado Paulo Maluf (PP-SP) na cadeia. Advogados do parlamentar formularam os novos questionamentos após a Justiça negar o relaxamento da prisão. No dia 27 do mês passado, foram concedidos dez dias ao IML e à administração penitenciária para o envio das respostas.

Apesar de o prazo estar correndo, a defesa de Maluf pediu nesta quinta-feira que as respostas sejam apresentadas “em tempo hábil”. “Não há, até o momento, qualquer injustificável demora por parte dos órgãos oficiados e, portanto, não há qualquer motivo a justificar a intervenção, nesse tocante, por parte deste Juízo”, afirmou o juiz.

ÉPOCA

Powered by WPeMatico

happy wheels