quinta-feira

12

novembro 2020

0

COMENTÁRIOS

Laudo do IML indica morte por combinação de medicamentos que nada têm a ver com a vacina

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

A causa da morte do voluntário que participava dos testes da vacina CoronaVac foi por uma combinação de medicamentos que não têm relação com o imunizante. Foi uma intoxicação aguda por agentes químicos. A Anvisa suspendeu os testes da vacina na segunda-feira (9) por causa de “evento adverso” em um voluntário e, na terça-feira (10), a divulgação do boletim de ocorrência mostrou que a causa da morte de um voluntário foi suicídio.

No dia seguinte, a agência liberou a retomada dos testesAs regras que regulam testes de vacinas proíbem tanto os voluntários quanto os laboratórios de divulgar consequências ou eventos relacionados à testagem. Mas a imprensa apurou que foi essa morte que levou a Anvisa a suspender os testes da CoronaVac no Brasil por mais de 24 horas.

Powered by WPeMatico

happy wheels