quinta-feira

17

maio 2018

0

COMENTÁRIOS

Número de brasileiros que desiste de procurar trabalho triplicou desde início da crise

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

carteira_de_trabalho_-_marcello_casal_jrDesde o início da crise, triplicou o número de pessoas que gostariam de trabalhar, mas desistiram de buscar uma vaga por acharem que não vão conseguir. O contingente de brasileiros na condição de desalento chegou a 4,6 milhão de pessoas no primeiro trimestre de 2018, ante 1,57 milhão no primeiro trimestre de 2014.

O fenômeno de desalento é comum em períodos de longa crise econômica, quando a longa e infrutífera busca por trabalho provoca desânimo nas pessoas. O desalentado é aquele que não conseguia trabalho adequado ou não tinha experiência ou qualificação, ou era considerado muito jovem ou muito idoso ou não tinha trabalho na localidade que residia.

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

happy wheels