segunda-feira

4

novembro 2019

0

COMENTÁRIOS

Óleo nas praias está diminuindo, mas é difícil afirmar quanto ainda chegará ao litoral, diz Marinha

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

vac-abr-0411191817O comandante de Operações Navais da Marinha, Leonardo Puntel, afirmou nesta segunda-feira (4) que o surgimento de novas manchas de óleo no litoral do Nordeste está diminuindo, mas ainda é difícil dizer o quanto vai chegar às praias.

Puntel participou, junto com outras autoridades, de uma apresentação à imprensa no Ministério da Defesa sobre a operação para combater as manchas e identificar os responsáveis pelo derramamento. As manchas começaram a surgir no final de agosto, e praias dos nove estados da região foram afetadas.

Segundo o militar, o que dificulta a identificação do volume que ainda pode chegar é o fato de o tipo de óleo derramado ficar sob a água e não ser detectável por satélites ou aviões. “Dizer quanto óleo ainda tem é muito difícil falar. Até porque há um arrefecimento”, afirmou. “Como o óleo vem submerso, nós não sabemos se ainda existe muita coisa ou pouca coisa. Não existe efetivamente uma maneira correta e precisa para monitorar essas manchas de óleo”, completou o almirante.

Powered by WPeMatico

banner-CDS-1

happy wheels