sexta-feira

6

março 2020

0

COMENTÁRIOS

Papa aceita renúncia de cardeal francês absolvido em caso de pedofilia

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

000-1ec00iO Papa Francisco aceitou a renúncia do cardeal francês Philippe Barbarin, questionado por seu silêncio diante dos abusos sexuais de um ex-sacerdote da diocese de Lyon, no centro-oeste da França.

O arcebispo de 69 anos chegou a ser condenado a seis meses de prisão por não denunciar agressões sexuais contra menores em março de 2019. Em seguida, Barbarin fez o seu primeiro pedido de afastamento embora ainda houvesse a possibilidade de recurso na justiça francesa. Nessa época, o pontífice recusou o pedido alegando a presunção de inocência – já que o processo civil ainda não havia sido concluído.

Em 30 de janeiro, o tribunal de apelação de Lyon decidiu pela absolvição de Barbarin. Ele anunciou que colocava novamente sua renúncia à disposição do papa para permitir “virar a página” nesse caso muito simbólico sobre a pedofilia e seu acobertamento dentro da Igreja.

Powered by WPeMatico

happy wheels