quarta-feira

12

setembro 2018

0

COMENTÁRIOS

Pesquisa Inpacta/Adepol revela que 97% dos moradores da região central do RN não se sentem seguros ao sair de casa

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

MEDIDASEm parceria com a UFRN, através do Instituto InPacta, a Associação dos Delegados da Polícia Civil do RN apresentou aos candidatos ao Governo todos os dados da Pesquisa intitulada de “Eu dedico a Segurança do RN”. Dividida por regiões, a pesquisa traz um panorama dos crimes que mais preocupam os moradores, e soluções para melhorar a segurança pública.

Na Região Central, onde estão localizados também todos os municípios seridoenses, o número dos que não se sentem seguro ao sair de casa chega ao índice alarmante de 97%. Esse percentual aumenta para 98,7% quando são respondidos apenas por mulheres, e 95,9% quando são respondidos por homens.

Ainda de acordo com a pesquisa, dos crimes que mais causam preocupação, na região Central o líder é o tráfico de drogas, com 34,8% seguido de Roubo (34,3%), homicídio (20,4%) e violência contra vulneráveis (10,4%).

A pesquisa ainda pesquisou sobre quais medidas devem ser tomadas pelo próximo Governo, com relação à Segurança Pública. Dos que moram na Região Central e responderam à pesquisa, a maioria optou por uma polícia com mais tecnologia (22,4%), seguida por aumentar o efetivo policial (19,1%), políticas públicas preventivas (18,9%), legislação penal mais rígida (17,5%), melhorar a educação (13,8%) e melhorar o sistema prisional (8,3%).

Powered by WPeMatico

happy wheels