terça-feira

17

novembro 2020

0

COMENTÁRIOS

Retomada do antigo sistema de totalização dos votos teria custo de R$ 100 milhões, informa TSE

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

TSEO Tribunal Superior Eleitoral (TSE) avalia que a retomada do sistema antigo de apuração de votos nas eleições teria um custo de ao menos de R$ 100 milhões. Além disso, segundo técnicos do tribunal, não haveria tempo para fazer a mudança já no segundo turno das eleições deste ano, no próximo dia 29.

Até a eleição anterior, os boletins das urnas eram transmitidos para os computadores dos tribunais regionais eleitorais, que totalizavam os votos e enviavam o resultado para o TSE. Neste ano, o tribunal mudou o procedimento e centralizou a totalização dos votos em Brasília.

De acordo com o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a centralização dos votos no TSE foi uma recomendação da Polícia Federal, por razões de segurança. A mudança na apuração foi aprovada na gestão da ministra Rosa Weber na presidência do TSE.

Powered by WPeMatico

banner_seridopneus-770

happy wheels