domingo

21

outubro 2018

0

COMENTÁRIOS

São Paulo empata com Atlético-PR e chega a 6 jogos sem vencer

Por , Em Sem categoria

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

O São Paulo segue em fase nada boa no Campeonato Brasileiro. Neste sábado (20), no Morumbi, o time chegou a seis jogos seguidos sem vitória ao não sair do 0 a 0 diante do Atlético-PR, em duelo de pouca qualidade e muitas chances perdidas.

A torcida compareceu em número modesto ao estádio, mas os pouco mais de 13 mil presentes não pouparam o time de reclamações e vaias, durante e após a partida.

Aguirre mexeu bastante no time titular, mas o São Paulo voltou a ter um rendimento abaixo do esperado. O time até criou oportunidades, mas pecou na pontaria e viu o Furacão também levar perigo ao goleiro Jean.

O resultado levou a equipe aos 53 pontos, na quarta colocação, com possibilidade de ficar mais longe dos líderes – o Palmeiras soma 59, contra 56 do Inter e 55 do Flamengo. Já o Atlético-PR, com 40 pontos, está em oitavo.

O São Paulo volta a campo na próxima sexta-feira. O time enfrenta o Vitória no Barradão, em jogo válido pela 31ª rodada. O confronto começará às 19h30 (de Brasília). Já o Atlético-PR recebe o Botafogo na Arena da Baixada. A partida será no sábado, às 21h.

Surpresa de Aguirre, o uruguaio começou o jogo no lugar de Nenê e foi o responsável pelas melhores jogadas ofensivas do time em uma noite de pouca inspiração coletiva. Fez grande lance individual que quase terminou em um gol de Diego Souza, deu um chapéu no meio-campo, brigou com raça na frente e foi o principal perigo do ataque tricolor.

O Atlético-PR botou um pouco mais a bola no chão que o São Paulo e criou chances, mas também pecou na hora de definir. Aos 9 minutos, após boa jogada coletiva, Pablo mandou por cima do alvo. Já aos 17 minutos, Jonathan recebeu linda inversão de Wellington, entortou a marcação de Reinaldo e bateu de esquerda, mas o chute subiu demais. O Furacão ainda assustou em lances de bola parada com jogadas ensaiadas, mas não conseguiu balançar a rede antes do intervalo.

Na melhor jogada do São Paulo no primeiro tempo, Diego Souza desperdiçou uma grande oportunidade. Gonzalo Carneiro fez lindo lance individual pela esquerda, com direito a meia-lua no zagueiro, e cruzou na segunda trave, mas a bola foi um pouco alta demais para Diego. O camisa 9 saltou e cabeceou, mas não conseguiu direcionar bem; a bola tocou na trave e saiu, para desespero dos torcedores no Morumbi.

SÃO PAULO

Jean; Araruna (Liziero), Bruno Alves, Arboleda e Edimar; Luan, Hudson e Diego Souza (Nenê); Rojas, Gonzalo Carneiro (Trellez) e Reinaldo.

T.: Diego Aguirre.

ATLÉTICO-PR

Santos; Jonathan, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Bruno Guimarães e Raphael Veiga (Lucho González); Marcelo Cirino (Marcinho), Nikão e Pablo.

T.: Tiago Nunes.

Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (PE)

Auxiliares: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)

Público/Renda: 13.053 torcedores/R$ 495.527,00

Cartões amarelos: Edimar e Nenê (São Paulo); Santos e Nikão (Atlético-PR

Powered by WPeMatico

_banner-fabricio-otica

happy wheels