sexta-feira

12

janeiro 2018

0

COMENTÁRIOS

Secretaria apura esquema ilegal de professores para aulas na rede estadual

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

EDUCAÇÃOA secretária estadual de Educação, Claudia Santa Rosa, abriu processos administrativos disciplinares contra professores da rede pública que estaria agindo ilegalmente na jornada de trabalho, pagando para que outras pessoas dessem aulas e seus lugares.

E postagem na sua rede social, Santa Rosa destacou que, “hoje tive de autorizar o prosseguimento e/ou a abertura de dezenas de processos que, infelizmente, há quase 100% de chances de resultarem em demissões de professores, alguns em estágio probatório”, disse a secretária. Segundo ela, o esquema ilegal funcionava com a conivência de diretores de escolas que também responderão com as mesmas chances de demissão, e dos funcionários que trabalham nas respectivas escolas.

“Esses professores pagam entre R$ 800,00 e 1.000,00 por um mês de trabalho para pessoas os substituírem, por meses e anos. Grave, gravíssimo! Não preciso dizer o enquadramento legal e moral em um país imerso em investigações de corrupção e lesão dos bens públicos. A legislação é severa. Lamento!”, enfatizou Claudia. Por fim, a gestora também ressalta que quem conhecer casos desse tipo possam denunciar e os responsáveis corrijam a tempo.

Powered by WPeMatico

happy wheels