sexta-feira

6

março 2020

0

COMENTÁRIOS

Vaticano confirma primeiro caso de novo coronavírus e tenta blindar papas Francisco e Bento XVI

Por , Em Seridó

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

VATICANOO Vaticano confirmou nesta sexta-feira (6) o primeiro contágio por novo coronavírus no país. Segundo o porta-voz da Santa Sé, Matteo Bruni, o Sars-CoV-2 foi detectado em um paciente na última quinta (5), em meio à epidemia que já se alastrou por todas as 20 regiões da Itália.

“Nesta manhã, foram suspensos temporariamente todos os serviços ambulatoriais da Direção de Saúde e Higiene do Estado da Cidade do Vaticano para higienizar os ambientes em função de uma positividade à Covid-2019 [doença causada pelo novo coronavírus] detectada ontem”, disse.

O objetivo do Vaticano é limitar o máximo possível os contatos com Jorge Bergoglio, que tem 83 anos, e Joseph Ratzinger, 92. Francisco está resfriado desde a semana passada e cancelou boa parte de seus compromissos nos últimos dias, inclusive um retiro espiritual com a Cúria.

A Santa Sé ainda estuda fazer o Angelus do Papa no próximo domingo (8) apenas por vídeo, de modo a reduzir a presença de fiéis na Praça São Pedro. Até o momento, a epidemia já contaminou quase 3,9 mil pessoas na Itália, segundo balanço divulgado pela Defesa Civil nesta quinta-feira (5), e matou 148.

Powered by WPeMatico

happy wheels