Funcionário da Câmara solta ratos no plenário da CPI durante depoimento de Vaccari

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

https://www.youtube.com/watch?v=a5_4L7OjLb8

Um homem identificado como Márcio Martins de Oliveira soltou nesta quarta-feira (09) pelo menos cinco pequenos roedores no plenário da CPI da Petrobras logo depois que o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, entrou no local para prestar depoimento. Os animais começaram a correr sem rumo na comissão, o que provocou gritos e tumulto.

Os policiais legislativos que faziam a segurança da sessão correram para pegar os bichos, enquanto parlamentares do PT gritavam que o ato era um desrespeito à CPI. O homem foi conduzido pelos seguranças para depor na Polícia Legislativa e, no início da tarde, foi liberado. De acordo com a assessoria de imprensa da Casa, ele foi exonerado do cargo.

Segundo o deputado Ricardo Izar (PSD-SP), presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Animais, os roedores eram um hamster, dois esquilos-da-Mongólia e dois ratos cinzas sem raça aparente.

banner_seridopneus-770