Aliados cobram emendas e cargos para votar redução de desonerações

Compartilhar paraShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

A equipe econômica recebeu um ultimato: se na próxima semana não liberar as emendas dos novos deputados e não acelerar a distribuição de cargos do segundo e terceiro escalões, não será votado o projeto de lei que reduz a desoneração da folha de pagamento de vários setores da economia.

O próprio líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), já foi alertado por líderes de partidos da base aliada que o clima é de rebelião entre os deputados. Há forte contrariedade na Câmara pelo fato de o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, ter contingenciado justamente as emendas dos novos deputados.

banner-CDS-1